Band

Band leva tiro no peito, pode ser obrigada a parar de exibir MasterChef e perder reality a qualquer momento

MasterChef corre o risco de sair do ar na Band (Foto: Reprodução)
MasterChef corre o risco de sair do ar na Band (Foto: Reprodução)

Band pode perder direito sob o uso da marca MasterChef

A Band está passando por um momento bastante difícil, acontece que a emissora paulista pode perder a qualquer momento o direito de usar o nome MasterChef em seu reality de culinária.

Isso pois, o instituto de gastronomia argentino Mausi Sebess, resolveu abrir um processo contra a emissora e a Endemol Shine, pelo uso indevido da marca MasterChef no Brasil. Acontece que a escola culinária está argumentando ser a dona da marca, que foi registrada pelo instituto no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial).

+Irmão de Andressa Suita manda recado para Gusttavo Lima após barraco e detona: “Que o mundo desabe”

O Mausi Sebess entrou com um pedido de liminar para a Justiça proibir a atual exibição do reality gastronômico. De acordo com o Notícias da TV, foi aberto em maio deste ano o processo que corre na 1ª Vara Empresarial do RJ. Em nota, a Endemol, por sua vez, explicou ter contestado o mérito da ação.

“O MasterChef é um dos formatos de TV mais aclamados do mundo, originalmente lançado em 1990, presente em mais de 60 territórios globalmente. Aqui no Brasil é uma das principais séries de culinária do país, sendo uma marca lifesty conhecida e de sucesso. Contestamos a ação no mérito e não comentamos ações judiciais em curso”, diz o comunicado da Endemol.

+Maju desce do salto, quebra regra e detona atitude ao vivo na Globo: “Tem que parar”

A Mausi Sebess tem sede em Buenos Aires e está no mercado há 26 anos, no ensino culinário, oferecendo curso à distância aos brasileiros com o Educação Master Chef. No ano de 2013, um ano antes da Endemol vender o formato do MasterChef para a Band, o instituto acabou dando entrada no INPI com o pedido para o registro da marca Master Chef.

O reality, na tela da Band, vale lembrar, estreou em 2014, e foi neste ano que a Endemol solicitou para ser a dona do nome no Brasil. Porém, em dezembro de 2014, quase um ano após o pedido, o INPI acabou não concedendo a marca para a Endemol.

+Datena e João Dória tem guerra ao vivo com bate-boca e humilhação: “Não queria chegar a esse ponto”

Já no ano de 2017, ficou decidido que marca era da Mausi Sebess, dando o direito da escola em usar o nome até 2027. A empresa Argentina, por sua vez, entrou com processo pedindo para a Band e a Endemol parar de usar a marca MasterChef apenas este ano.

PEDIDO DE LIMINAR

O instituto argentino entrou com um pedido de liminar pedindo para que o programa culinário não entrasse no ar este ano, pois, a escola gastronômica era a dona da marca. Em duas instâncias diferentes, com decisões saídas em maio e junho, o pedido de urgência foi negado, e o programa passou a ser exibido normalmente.

Apesar de ter o pedido de liminar negado em duas circunstâncias, o instituto Mausi Sebess não desistiu e a disputa pelo direito a marca segue na Justiça.

Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin são os jurados do MasterChef Brasil (foto: Divulgação/Band)
Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin são os jurados do MasterChef Brasil (foto: Divulgação/Band)

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Bruno Silva

Bruno Silva é paraibano e atua na área como redator desde 2013, sempre trazendo notícias aos leitores com muita responsabilidade.