TV Foco

Bastidores da TV – Por Flávio Ricco

O diretor Rodrigo Carelli veio a público nos últimos dias e anunciou que a próxima “A Fazenda” vai dar R$ 2 milhões ao seu vencedor. O número impressiona, mas ainda é do “Big Brother Brasil”, com R$ 1,5 milhão, o maior prêmio a um ganhador de reality show no Brasil.

A explicação é simples: a Globo dá esse dinheiro líquido, livre de qualquer desconto, enquanto na Record –do valor bruto agora anunciado– serão abatidos 27,5% relativos ao IRRF -Imposto de Renda Retido na Fonte. E assim sempre aconteceu.

Aliás, quanto ao caso, muitos se recordam do protesto apresentado pelo ator Dado Dolabella, por ocasião da primeira “A Fazenda”. Num post, em seu blog, ele reclamou que o esperado cheque de R$ 1 milhão veio com R$ 275 mil a menos.

Karina Bacchi, a vencedora da segunda edição, para conseguir retirar o prêmio máximo, se utilizou de uma ONG, por acaso presidida pela mãe dela. A atriz declarou, na ocasião, que pretendia investir em projetos sociais.

No caso da “A Fazenda”, convém lembrar, quase todos os artistas possuem empresários e as suas comissões raramente ficam abaixo dos 20% sobre o líquido.

Consultado, Boninho, diretor do “BBB”, sobre a próxima edição, informou que o “valor de prêmio não aumenta um ponto e internamente também não muda muita coisa. Estamos muito satisfeitos com o formato e os valores dos prêmios.”

Campanha
A AlmapBBDO, agência do Marcello Serpa, está preparando a campanha de lançamento da nova programação da TV Cultura.

Entre os principais produtos, o novo ”Roda Viva” com Marília Gabriela, a partir do dia 30.

Batendo o martelo
José Paulo Vallone, dono da JPO Produções, tem praticamente fechada a venda das novelas “Kananga do Japão”, “Carmen”, “Helena” e “Amazônia”, todas do acervo da falecida Manchete.

Ainda se faz segredo sobre a rede interessada. Mas parece que desta vez não tem nada com o SBT. De qualquer maneira, informa-se, o negócio será concretizado nos próximos dias.

Band volta atrás
A direção da Bandeirantes, depois de pensar melhor, decidiu suspender o anunciado novo programa da Márcia Goldschmidt nas tardes de sábado.

Tinha orçamento aprovado, cenário pronto e o primeiro piloto seria gravado neste sábado. Ontem, em reunião, se concluiu deixar como está. Não mexer em nada agora.

Márcia vai continuar com seu programa todos os dias, nos finais de tarde. Talvez com 30 minutos a mais na duração do programa atual.

Reclamações
Foram muitos os protestos de telespectadores e leitores porque a Globo não transmitiu o jogo de terça-feira, Brasil e Estados Unidos.

Uma decisão que, embora questionável, revela uma visão do futuro: futebol será programa de pay-per-view e, parece, para breve. Em boa parte do mundo já é assim.

Outro aspecto
Convém considerar que, recentemente, entre as discussões da nova regulamentação da Lei Pelé, levantou-se a possibilidade de obrigar as emissoras abertas, detentoras de direitos –não havendo interesse na transmissão de algum selecionado brasileiro– entregar o sinal para a Rede Educativa. Projeto apresentado pelo deputado Sylvio Torres, PSDB-SP.

Globo e Record foram contra, tirando o peso político da proposta.

Rodízio
Ninguém avisou nada, mas a Bandeirantes fez modificações na sua programação das terças-feiras, faixa das 23h: saiu o “É Tudo Improviso” e entrou um seriado, “Bones”.

O programa, porém, terá uma nova temporada na Band, em breve. Deve voltar a gravar na quarta que vem.

Bola rolando

A Rede TV! ficou em silêncio sobre o assunto, mas vem do Edu César, titular do “Papo de Bola”, a informação correta sobre os jogos da Série B no sábado.

A partir das 16h, Náutico e Portuguesa, Ponte Preta e Duque de Caxias, tudo ao vivo. Um na sequência do outro.

Entrevista
No último sábado, uma apresentação de Gaby Amarantos, conhecida como Beyoncé do Pará, reuniu mais de dez mil pessoas, em Belém. Ela já participou dos programas do Fausto Silva e Ana Maria Braga.

Ana Paula Padrão foi acompanhar o show e entrevistou a artista para uma série especial de reportagens para o “Jornal da Record”.

Otimismo
Pelos números registrados até aqui, a direção da Record projeta que o “Fala Brasil” também deve fechar agosto na liderança, a exemplo do que aconteceu no mês passado. O programa ou ocupa ou divide a liderança com a Globo desde junho de 2009.

Campeonato de pontaria
Washington, atacante do Fluminense, e Petkovic, meio-campo do Flamengo estarão na estreia do desafio “Bola no Cantinho” do “Esporte Espetacular”, domingo, na Globo.

No quadro, craques do nosso futebol vão tentar acertar o “joão bobo” do programa, chamado de “João Sorrisão”, no canto do gol.

Desabafo

Dois momentos importantes na entrevista do Rubinho Barrichello, gravada ontem no SBT, com Marília Gabriela.

Na sua opinião, Ayrton Senna não foi até hoje batido por ninguém. É o maior piloto de todos os tempos da Fórmula 1. Por fim, gostaria que o povo brasileiro valorizasse mais o seu esforço. Domingo no ar.

Primeiro salto
Amanhã, no “Manhã Maior” da Rede TV!, deve entrar uma matéria especial com o apresentador Arthur Veríssimo em seu primeiro salto de paraquedas. Gravação realizada em Boituva, interior de São Paulo.

C’est fini
A atriz Fafy Siqueira continua viajando com o show “Do-Re-Mi-Fafy”. Sábado e domingo estará em Taubaté e nos dias 20 e 21, em Uberaba. Em parceria com Chico Anysio, Fafy prepara um novo show especialmente para o público de São Paulo, o “Dó-Re-Mi-Fafy in Sampa”. E para a TV, ela desenvolve um programa de humor. Convidou Tininha Araújo, ex-Sandy&Junior, para a direção.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco