Celebridades

Bolsonaro chama Miriam Leitão de animal, jornalista rebate e expõe crime do presidente

A jornalista Miriam Leitão rebateu fala de Bolsonaro sobre jornalistas (Foto: Reprodução/Montagem)
Miriam Leitão rebateu fala de Bolsonaro sobre jornalistas (Foto: Reprodução/Montagem)

Miriam Leitão, que é conhecida crítica do presidente Bolsonaro, rebateu um xingamento proferido pelo presidente contra ela e outros jornalistas

O presidente Jair Bolsonaro já mostrou muitas vezes que sua relação com a imprensa não é das melhores. Ele já discutiu várias vezes com repórteres enquanto concedia entrevistas, mas agora chegou ao ápice do desprezo contra a classe. Em frente ao Palácio da Alvorada, ele chamou os jornalistas de animais de extinção e sugeriu vinculá-los ao Ibama.

“Vocês são uma espécie em extinção. Eu acho que vou botar os jornalistas do Brasil vinculados ao Ibama. Vocês são uma raça em extinção”, disparou o presidente, que deixou claro que não iria estender a crítica a todos os jornalistas apenas “para não ser processado pela ANJ (Associação Nacional de Jornais) e não sei o quê”.

Conhecida por ser crítica de Jair Bolsonaro desde a campanha, Miriam Leitão não gostou nada da declaração do presidente. Em texto publicado em seu blog no jornal O Globo neste domingo (12), a contratada da Globo questionou a capacidade intelectual do político e rebateu a fala de Bolsonaro, classificando a ação como “assédio”.

Miriam Leitão recebeu o apoio da Globo em briga contra Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/GloboNews)
Miriam Leitão embarcou em briga contra Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/GloboNews)

“Não sei se ele tentou fazer uma brincadeira. Talvez não, porque o humor e a ironia não são seus pontos fortes e são recursos de linguagem que exigem bastante do cérebro. Seu histórico é mesmo de agressões”, iniciou o texto a especialista em economia, citando na sequência a frase infeliz proferida por Bolsonaro.

“Suas ofensas frequentes aos repórteres na porta do Palácio da Alvorada podem ser definidas como assédio. Como fazem os valentões, ele sempre se cerca da sua claque, aposta na impunidade e dispara seus mísseis cheios de machismo, homofobia, mentiras e desprezo por valores democráticos”, prosseguiu Miriam Leitão sobre o presidente.

No final, ela apontou uma contradição de Bolsonaro. “O que existe de comum entre os jornalistas e o Ibama é que estariam todos extintos, se dependesse apenas dele […] Muitas vezes este governo constrangeu publicamente funcionários do Ibama, ou de outros órgãos do Estado brasileiro, que, contudo, seguem fazendo seu trabalho”, cravou.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.