Celebridades Globo Jair Bolsonaro

Bolsonaro é humilhado ao vivo na Globo e chamado de mentiroso pela Renata Vasconcellos após atacar Miriam Leitão

Bolsonaro e Renata Vasconcellos durante as sabatinas nas eleições de 2018 (Foto: Reprodução)
Bolsonaro e Renata Vasconcellos durante as sabatinas nas eleições de 2018 (Foto: Reprodução)

Jair Bolsonaro é humilhado pela Globo após atacar a jornalista Miriam Leitão e emissora usa o Jornal Nacional para repudiar o presidente

O presidente Jair Bolsonaro foi desmentido pela Globo ao vivo na noite desta sexta-feira (19). Durante o Jornal Nacional, a âncora Renata Vasconcellos leu uma nota da emissora após o presidente atacar a jornalista Miriam Leitão.

+ Chico Xavier fez previsão catastrófica há 50 anos e revela invasão alienígena amanhã

+ Atriz da Globo afirma ter sido estuprada por ator da Record e é rebatida: “Maluquice”

+ Globo ganha processo por causa de polêmica cena de casamento em A Dona do Pedaço

Para quem não sabe, o presidente Jair Bolsonaro recebeu nesta sexta-feira (19) um grupo de jornalistas estrangeiros para um café da manhã. Na ocasião, ele usou fake news ao afirmar que a jornalista Miriam Leitão participou da luta armada durante a ditadura militar e que ela mentirosa quando fala ter sofrido tortura pelo regime.

“Essas afirmações do presidente causam profunda indignação e merecem absoluto repúdio. Em defesa da verdade histórica e da honra da jornalista Miriam Leitão, é preciso dizer com todas as letras que não é a jornalista quem mente”, diz um trecho da nota em clara referência a Bolsonaro.

A emissora deu mais detalhes da trajetória de Miriam Leitão, afirmando que ela nunca participou ou quis participar da luta armada contradizendo Bolsonaro. “Ela foi presa e torturada, grávida, aos 19 anos, quando estava detida no 38º Batalhão de Infantaria em Vitória. No auge da ditadura de 64, em 1973, Miriam denunciou a tortura perante a 1ª Auditoria da Aeronáutica, no Rio, enfrentando todos os riscos que isso representava na época.

O texto fala que Miriam Leitão, ao longo dos governos do Partido dos Trabalhadores, foi também alvo constante de ataques. “A ofenderam em sua honra pessoal e profissional em discursos do ex-presidente Lula em palanques, e até mesmo a bordo de avião de carreira, quando Miriam Leitão ouviu insultos e ofensas por parte de militantes petistas, que então a chamavam de neoliberal e direitista.

O comunicado encerra dizendo que a Globo não tolera ataques de qualquer orientação política em resposta a Bolsonaro. “Esses insultos, no passado como agora, em sinais trocados, apenas demonstram a maior das virtudes de Miriam como profissional: a independência em relação a governos, sejam de esquerda ou de direita ou de qualquer tipo. A Globo aplaude essa independência, pedra de toque do jornalismo profissional, e se solidariza com Miriam Leitão”.

Miriam Leitão, jornalista da Globo, responde a processo na Justiça (Reprodução: GloboNews)
Bolsonaro ataca Miriam Leitão, jornalista da Globo (Foto: Reprodução/GloboNews)

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;