Globo

Guerra! Bolsonaro faz a Globo perder milhões e deixa emissora em apuros ao apoiar concorrência: “Falência”

Bolsonaro comemorou o fim do monopólio da TV Globo sob o futebol (Foto: Montagem/TV Foco)
Bolsonaro e Globo estão em guerra (Foto montagem: TV Foco)

A situação entre a Globo e Bolsonaro continua dando o que falar e tem deixado a concorrência turbinada

A guerra entre a Globo e Bolsonaro está custando caro para o bolso da emissora carioca. Quem tem se aproveitado da situação é a concorrência, como o SBT e a Record.

Silvio Santos, que se aliou ao governo de Jair Bolsonaro (PSL) comprou nos últimos dias os direitos pela transmissão dos jogos da Libertadores, pertencentes a Conmebol. Segundo informações do blog Lei em Campo, do UOL, desde que Bolsonaro assumiu o seu cargo como presidente do país em 2019, o SBT passou a faturar ainda mais com verbas publicitárias.

+Thiaguinho, após ter novo amor exposto, surge agarrado com ator bonitão e faz declaração e público vibra: “Te amo”

No ano de 2017, a Globo recebeu 23,31 milhões de reais em verbas federais, já o SBT ficou com 11,92 milhões de reais em verbas, menos da metade do que a concorrente faturou.

Já em 2019, o cenário mudou. Até metade do ano, a Globo havia recebido 2,65 milhões de reais. Já o SBT deu a volta por cima e faturou 6,65 milhões de reais, mais que o dobro do que a Globo conseguiu. Com isso, uma grande reviravolta marcou a relação de Bolsonaro com as principais emissoras do país.

+Poliana Rocha, após detonar tudo ao expor traição Leonardo para milhões, revela sofrimento: “Vida ruim”

A maior prejudicada em toda essa história é a Globo, que em 2017 detinha 48,25% das verbas federais. Com Bolsonaro no poder, a emissora carioca ficou apenas com 16,38% das verbas. Já o SBT, que se saiu melhor com essas condições, aumentou para 41,01%.

Renato Aragão recusa demissão da Globo (Foto: Reprodução)
Renato Aragão recusa demissão da Globo (Foto: Reprodução)

Emissora tem perdido milhões

Desde que se elegeu, a Globo teria deixado de arrecadar cerca de 400 milhões de reais de verbas enviadas pelo governo. Toda a quantia é responsável por cerca de 4% do faturamento da Globo antes da pandemia do novo Coronavírus.

+Guerra? O desfecho de William Bonner no JN em meio a guerra com Bolsonaro

Devido a crise, a emissora tem feito uma série de demissões. Nomes como Renato Aragão, Miguel Falabella, Zeca Camargo, Vera Fischer, Stênio Garcia, Bruna Marquezine, José Loreto, Débora Nascimento, Camila Pitanga e tantos outros, tiveram os seus contratos finalizados com a Globo.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.