Celebridades Jair Bolsonaro TV Foco

Bolsonaro participa de Marcha para Jesus e sai em defesa da “família tradicional”: “Ideologia de gênero é coisa do capeta”

ideologia de gênero (Foto: Divulgação)
Jair Bolsonaro dá declaração polêmica em participação em Marcha para Jesus  (Foto: Divulgação)

Bolsonaro sai em defesa da “Família” e alega que ideologia de gênero é coisa do “capeta”

O atual presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, participou neste sábado, 10, na “Marcha para Jesus”, em Brasília. Em cima do trio elétrico, o presidente saiu em defesa da “família tradicional” e tomou como “coisa do capeta” quando se referiu a ideologia de gênero. A fala do presidente virou polêmica e dividiu opiniões.

Durante a marcha, Jair Messias Bolsonaro estava cercado de líderes religiosos e alguns políticos, como o vide-presidente da câmara, Marcos Pereira, o ministro ministro da casa civil, Onyx Lorenzoni, o atual governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e uma verdadeira multidão de religiosos, que aplaudiam as declarações do presidente.

+Débora Nascimento relembra separação com José Loreto e revela o que a ajudou a superar fim do casamento

+João Gordo é internado na UTI e grave estado de saúde é divulgado: “A vida pode mudar a cada instante”

+Marília Mendonça se revolta com “saidinha” de Nardoni e entra em briga com fã: “Ele é pai de outras crianças”

Durante um discurso, que durou cerca de 14 minutos, o presidente, Jair Messias Bolsonaro, declarou que a ideologia de gênero é coisa do “capeta”, além de fazer críticas a imprensa e a esquerda. Durante o discurso, o presidente da república aproveitou para relembrar o apoio dos religiosos durante a sua campanha eleitoral.

“Se querem que eu acolha isso, apresente uma Emenda Constitucional e modifique o artigo nº 226, que diz que família é homem e mulher. E mesmo mudando isso, como não dá para emendar a bíblia, eu vou continuar acreditando na família tradicional”, disse o presidente Jair Messias Bolsonaro, em meio a aplausos.

Bolsonaro e o polêmico gesto da arma na Marcha para Jesus (Foto: Reprodução)
Bolsonaro e o polêmico gesto da arma na Marcha para Jesus (Foto: Reprodução)

“Vocês tem pela primeira vez na história do Brasil um presidente que está honrando o que prometeu na campanha, que acredita na família e que vai respeitar a inocência das crianças nas salas de aulas. Não existe conversinha de ideologia de gênero. Isso é coisa do capeta. Tenho certeza que o governador Ibaneis não vai admitir isso no DF”, continuou o presidente Jair Messias Bolsonaro durante o discurso, ao lado do chefe do executivo distrital.

A expressão de ideologia de gênero, criticada por Jair Messias Bolsonaro, é usada comumente pelos críticos da ideia de que gêneros são, na sua realidade, construções sociais. Para os defensores da ideologia de gênero, que é reconhecida no meio acadêmico, existe mais do que o masculino e o feminino, mas um espectro que pode ser mais amplo abordando a diversidade, identidade de gênero e orientação sexual.

+Rachel Sheherazade é afastada do SBT, abandona rede social e faz manifestação contra a ditadura

+Ludmilla cai no choro em “Arquivo Confidencial” e relembra pobreza extrema: “Me faltou comida”

Segundo o presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, a ideologia de gênero, estaria, na sua visão, destruindo o conceito de família tradicional defendido pelos cristãos, composta por um homem e uma mulher. O conceito, por sua vez, foi criado pela igreja católica em 1998, sendo posteriormente adotado por grupos radicais de direita.

 

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;