Bom Sucesso Colunas Globo Grazi Massafera Opinião

Bom Sucesso: uma linda história de carnaval contada através dos livros

Os dois amigos em Bom Sucesso Paloma e Alberto dão show em antepenúltimo capítulos (Foto: Divulgação)
Os dois amigos em Bom Sucesso Paloma e Alberto dão show em antepenúltimo capítulos (Foto: Divulgação)

Escrita pela dupla de roteiristas Paulo Halm e Rosane Svartman, Bom Sucesso chega ao fim e ganhou uma posição especial no coração do telespectador. Leve, atraente e instigante, a história de Alberto e Paloma, duas figuras antagônicas em todos os sentidos: ele homem e ela mulher, ele idoso e ela jovem, ele rabugento e ela amável, ele a beira da morte e ela cheia de vida. 

Bom Sucesso criou uma dupla de protagonistas, que diferente da maioria das histórias, nunca precisou  formar um casal para ter química. Brilhantemente interpretados por Grazi Massafera e Antônio Fagundes, ambos demonstraram o mais alto nível de profissionalismo e foram impecáveis ao longo dos meses. 

Alberto (Antonio Fagundes) e Paloma (Grazi Massafera) em Bom Sucesso, novela das sete da Globo (Foto: Reprodução/Globo)
Alberto (Antonio Fagundes) e Paloma (Grazi Massafera) em Bom Sucesso, novela das sete da Globo (Foto: Reprodução/Globo)

Destaque para a cena exibida nesta quarta-feira (22), gravada na sapucaí, no carnaval do ano passado, onde os dois conseguiram arrancar lágrimas do público. O que mais impressiona é que quando gravaram a cena, que provavelmente foi uma das primeiras da dupla, a novela nem havia ido ao ar, eles sabiam pouco sobre seus personagens e não imaginavam o sucesso que a trama teria.

Outro ponto positivo foi a representatividade negra e a oportunidade que deram para novos atores mostrarem seus talentos. Impossível não mencionar as atuações de Carla Cristina Cardoso como a divertida Lulu, Lucas Leto mostrando a superação de Waguinho, Diego Montez como Willian e Valentina Vieira, que fez o público se emocionar diversas vezes com a Sofia, este é um dos poucos casos em que uma atriz já nasce pronta.  

Diogo e Gisele em cena da novela das 19h, Bom Sucesso (Foto: Reprodução)
Diogo e Gisele em cena da novela das 19h, Bom Sucesso (Foto: Reprodução)

Mas uma boa história não se sustenta sem os vilões e nesse quesito Armando Babaioff reinou dando o tom de desenho animado para Diogo, que caminhou entre o divertido e o medonho diversas vezes, e sua comparsa Sheron Menezzes. Aliás, Sheron foi brilhante e deveria ganhar mais atenção da emissora, está pronta para uma protagonista.  

A mistura do carnaval com os livros foi arriscada e improvável, mas foi certeira. Bom Sucesso é daquelas novelas que o público sofre por antecipação o seu fim. O que nos resta é aproveitar os últimos dois capítulos. Sem dúvidas deixará saudade e quando seu último segundo for exibido terá marcado seu legado no horário das 7. Parafraseando o bordão de Lulu: e o público fica como? Morrendo de saudade.

Por: Maurício Freitas

Contato: mauriciotvfoco@gmail.com

As opiniões aqui retratadas não refletem a posição do TV Foco e são de total responsabilidade de seu idealizador!

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Maurício Freitas