Globo

Bomba! Âncora do JN é demitida da Globo, após escândalo de agressão vazar em bastidor: “Tentou se matar”

Âncora Jornal Nacional é demitida em Roraima (Foto: Montagem)
Âncora Jornal Nacional é demitida em Roraima (Foto: Montagem)

Diretor de emissora afiliada da Globo é acusado de assédio e jornalista denunciante é demitida.

Na tarde desta quinta-feira o colunista do Portal Metrópoles, Leo Dias trouxe à tona a demissão de uma repórter da Globo, que chegou a apresentar o Jornal Nacional. Ellen Ferreira afirmou ter sido desligada da emissora por conta de uma denúncia de assédio.

+ Entramos na mansão milionária de Zé Felipe com sauna, campo de futebol, piscina gigante e muito luxo: “10 milhões”

+ Datena admite falência com dívida de 50 milhões, 9 após sair da Record e expõe estúdio em chamas ao vivo: “Fogo”

A moça que fazia parte do time da Rede Amazônica, afiliada da Globo em Roraima, relatou com exclusividade ao jornalista sobre situações que diz ter vivido no canal.

Em outubro de 2019, Ellen fez parte do rodízio de apresentadores do Jornal Nacional naquele especial em comemoração ao aniversário do programa. A jornalista foi chamada à sede da emissora e estava na esperança de voltar ao trabalho, já que esteve afastada por ter contraído Covid-19.

Para surpresa dela, foi levada a uma sala de reuniões onde os papéis de sua demissão da afiliada da Globo já estavam preparados para sua assinatura.

Ellen Ferreira na apresentação Jornal Nacional (Foto: Montagem)
Ellen Ferreira na apresentação Jornal Nacional (Foto: Montagem)

CASOS DE ASSÉDIO NA AFILIADA

Ellen relatou ao Portal que ela e vários outros colegas haviam relatado situações de assédio por parte de um diretor de jornalismo da emissora: “Edison Castro é um psicopata que já havia passado pelas redações de Goiás, Maranhão e Tocantins. Homofóbico, racista, gordofóbico. Praticava assédio moral e sexual, deixou toda a equipe doente”, contou Ellen Ferreira.

Ainda sobre o jornalista, Ellen afirmou que uma outra colega, de uma afiliada da Globo de Goiás, chegou a sofrer com algo parecido: “Uma moça da TV Anhanguera chegou a tentar se matar por causa dele […] Debochava de um repórter que era gay. Chamou o cabelo de uma repórter negra de moita feia”.

A jornalista que integrou a bancada do Jornal Nacional escancarou que passou por uma grave crise de ansiedade e então decidiu se juntar à outros colegas e fizeram um dossiê enviado ao Sindicato  dos Jornalistas de Roraima (Sinjoper).

+ Jair Bolsonaro faz com que famoso apresentador da Band seja punido pela emissora 

+ Silvio Santos manda e SBT vai ter dobradinha de série religiosa e jornal sanguinolento

CARTA ENVIADA À GLOBO

Ellen enviou, inclusive, um grande desabafo em forma de carta para a Globo. Em certo trecho, escreveu: “Essa mensagem é um desabafo. Apenas um breve relato do que a praça de Roraima tem vivido […] Estou esgotada. Quando ele chegou a Roraima, pensávamos que seria uma nova era e estamos frustrados com tanta humilhação”.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Gustavo Almeida