Bruno e Marrone TV Foco

Bruno, da dupla com Marrone, após ser acusado de crime, detona: “Preciso ir meter a mão na cara de vocês”

Bruno, da dupla com Marrone (Reprodução)
Bruno, da dupla com Marrone (Reprodução)

Cantor compartilha revolta em sua conta oficial do Instagram

Conhecidos devido aos seus inúmeros hit’s, Bruno e Marrone conquistaram milhares de fãs espalhados pelo Brasil e tornaram-se uma das duplas sertanejas mais famosas. No entanto, com os holofotes virados para si, os artistas tiveram que lidar com inúmeras polêmicas envolvendo seus nomes.

Recentemente, Bruno deu o que falar por conta de uma viagem que realizou com os familiares e amigos durante o auge da pandemia da Covid-19 no país. Agora, o sertanejo decidiu debater com seus milhares de internautas sobre a situação da política no país.

Isso porque, o cantor compartilhou um vídeo de Sergio Reis detonando os posicionamentos de João Dória e Bruno Covas. “O que vocês querem fazer com nosso povo? O que querem fazer com a gente? Eu preciso ir meter a mão na cara de um de vocês? E eu faço. Eu não quero ser amigo de vocês. O que estão fazendo com os comerciantes, vocês estão matando o povo de fome”, dizia Sergio Reis.

Bruno não deixou de apoiar a fala do colega de trabalho. “Ele tem moral para falar. Ídolo”, escreveu o sertanejo em sua legenda do Instagram.

PANDEMIA

Essa não foi a primeira vez que Bruno demonstrou indiferença para as milhares de vidas perdidas devido a Covid-19. Recentemente, ele decidiu curtir suas férias com a família e um grupo de amigos em Dubai. Nas redes sociais, ele compartilhou um clique aglomerado com sua turma.

“Glória a Deus ! O resto é inveja”, cutucou Bruno em sua legenda. Vale ressaltar que se o registro tivesse sido feito no Brasil, a dupla de Marrone estaria cometendo um crime por promover aglomeração.

POSANDO COM ESTELIONATÁRIO

Além disso, uma das pessoas que aparecem na foto compartilhada por Bruno é Danilo Santana, também conhecido como ‘Dubaiano’. Para quem não sabe, ele liderou a D9 Clube de Empreendedores, um golpe com bitcoin que prometia lucros de mais de 30% ao mês e que lesou clientes em R$ 200 milhões.

Ele é considerado foragido pela Justiça brasileira e se pisar no Brasil pode ser preso. O amigo de Bruno é investigado por crimes contra a economia popular, estelionato e lavagem de dinheiro. Em 2018, ele foi denunciado pelo Ministério Público da Bahia e a Justiça pediu sua prisão preventiva.

Bruno e Marrone já tiveram inúmeras brigas em público (Foto: Divulgação)
Bruno e Marrone (Foto: Divulgação)

Confira as publicações do cantor:

 

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Giovana Mori