Celebridades

Bruno GagliassoCelebridades

Bruno Gagliasso se irrita com presença de Bolsonaro e abandona luta

Bruno Gagliasso (Foto: Felipe Panfili)
Bruno Gagliasso (Foto: Felipe Panfili)
Bruno Gagliasso (Foto: Felipe Panfili)

Aconteceu neste sábado (03) a edição carioca do UFC, o maior evento de MMA do mundo. No local, estiveram presentes grandes personalidades e artistas, como Paolla Oliveira, José Loreto e também o ator Bruno Gagliasso, acompanhado de sua esposa, Giovanna Ewbank.

+A Fazenda: Peões jogam podres no ventilador, entregam coisas nunca ditas e esquema da produção é exposto

+Globo investe pesado em série dramática, Segunda Chamada, que colocará o “dedo na ferida” da educação no Brasil

+Record exibe cenas fortes de sequestro de Van na novela Topíssima e coincide com tragédia da vida real

Porém, de acordo com a Veja Rio, Bruno não ficou por muito tempo no local. Segundo a edição carioca da revista, o ator deu chilique ao entrar na arena por conta da presença do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Assediado com pedidos de fotos, Bolsonaro estava sentado ao lado do ator, que não gostou nada da situação.

Veja também

Bruno, então, se recusou assistir a luta ao lado do político, e foi com a esposa para casa, de onde acompanhou o evento pela televisão.

Utilizando seu Twitter, Gagliasso confirmou parcialmente a publicação da revista. “Já no meus aposentos, na frente da TV, e bem longe do Bolsonaro”, publicou.

Sabrina Sato desmente Duda Nagle em rede nacional e contraria ator sobre trabalhar na Globo

Val Marchiori faz revelações bombásticas, envolve marido que a chamou de prostituta e entrega origem do seu dinheiro

Susana Vieira surpreende, revela artistas que escondem filhos com graves problemas de saúde

 

VÍDEO YOUTUBE: Faustão é MENOSPREZADO pela Band e Apresentadora da Globo é espancada

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários