UMA BOLADA!

Mais R$ 500 poupança, pagamento unificado com o BB e pacotão com 10 saques: Caixa confirma 3 extras em março


Pessoas segundo dinheiro - Caixa (Foto: Reprodução - iStock, Montagem - Tv Foco)

Brasileiros podem comemorar as grandes novidades que foram anunciadas pela Caixa Econômica para o mês de março

A Caixa Econômica Federal anunciou recentemente uma série de novidades para seus clientes, visando facilitar e otimizar suas operações financeiras. Entre as mudanças destacam-se o aumento de R$ 500 na poupança, proporcionando uma oportunidade adicional de economia para os correntistas.

Além disso, foi confirmado o pagamento unificado com o Banco do Brasil, simplificando os processos de transação entre as duas instituições. Como parte do pacote de benefícios, os clientes também terão acesso a 10 saques adicionais, oferecendo maior flexibilidade e conveniência nas operações bancárias.

No dia 15 desse mês, o Ministério do Trabalho e Emprego liberou o pagamento do Abono Salarial 2024 para os beneficiários nascidos em janeiro, com referência ao ano-base 2022. Em um esforço para simplificar o processo, o calendário de pagamento do benefício foi unificado tanto para os trabalhadores da iniciativa privada, que recebem o PIS, quanto para os servidores públicos, que recebem o PASEP, levando em consideração o mês de nascimento do trabalhador para determinar a disponibilidade do benefício.

Este ano, um total de 24.874.071 trabalhadores terão direito ao Abono Salarial, resultando em um gasto aproximado de 27 bilhões de reais. Desse montante, 21.982.722 são abonos destinados a trabalhadores de empresas privadas, que serão pagos pela Caixa Econômica Federal, enquanto 2.891.349 são destinados a servidores públicos, que receberão pelo Banco do Brasil.

Pis/Pasep (Foto: Reprodução/ Internet)
Trabalhadores em festa com o pagamento do Pis/Pasep (Foto: Reprodução/ Internet)

Pela Caixa, serão beneficiados 1.798.203 trabalhadores de empresas privadas cadastrados no PIS, totalizando um valor de R$ 1.922.566.782,00. Contudo, pelo Banco do Brasil, 234.574 servidores públicos cadastrados no PASEP receberão um total de R$ 288.458.392,00. Além disso, ao todo, 2.032.77 beneficiários estão incluídos no lote de fevereiro para recebimento do Abono Salarial.

Veja também

Novo investimento para a poupança

No contexto econômico atual, caracterizado por sua instabilidade e imprevisibilidade, é compreensível que indivíduos busquem maneiras de resguardar seus recursos financeiros e garantir que estes sejam rentáveis. Contudo, uma alternativa bastante popular é o Certificado de Depósito Bancário, conhecido como CDB, disponível em instituições como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

O Certificado de Depósito Bancário constitui um investimento de renda fixa no qual o investidor empresta capital ao banco em troca de uma remuneração determinada. A lucratividade do CDB pode variar conforme a modalidade escolhida e o período de investimento.

CDB Cartão de Crédito (Foto: Reprodução / Internet)
CDB Cartão de Crédito (Foto: Reprodução / Internet)

Existem três tipos principais de CDB: pré-fixado, pós-fixado e híbrido. No caso do CDB pré-fixado, as taxas de retorno são estabelecidas de antemão, proporcionando ao investidor uma previsão clara do rendimento esperado.

Por outro lado, no modelo pós-fixado do CDB, o retorno está vinculado a um índice, frequentemente o CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Enquanto isso, o CDB híbrido combina uma taxa fixa com uma variável, geralmente ligada ao CDI.

No Brasil, a rentabilidade do CDB é influenciada diretamente pela Taxa Selic, a qual representa a taxa básica de juros da economia. Porém, em janeiro de 2024, a Taxa Selic situa-se em 11,25%, o que contribui para uma remuneração mais substancial do CDB. Por fim, adicionalmente, o CDI, índice comumente associado ao CDB pós-fixado, alcançou 12,86% no mesmo período.

10 saques garantidos

Ao longo do mês de março, o programa Bolsa Família continuará fornecendo suporte crucial a diversas famílias em condições de vulnerabilidade no Brasil. Contudo, a distribuição dos pagamentos relativos a março terá início a partir do dia 15.

Aplicativo do Bolsa Família (Foto: Reprodução / Luis Lima Jr. / Estadão Conteúdo)
Aplicativo do Bolsa Família (Foto: Reprodução / Luis Lima Jr. / Estadão Conteúdo)
  1. Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por integrante da unidade familiar;
  2. Benefício Complementar (BCO): Valor suplementar para famílias cuja soma dos benefícios não atinja R$ 600;
  3. Benefício Primeira Infância (BPI): Incremento de R$ 150 por infante de zero a sete anos;
  4. Benefício Variável Familiar (BVF): Acréscimo de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;
  5. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): Suplemento de R$ 50 para cada membro com até sete meses de idade (nutriz);
  6. Benefício Extraordinário de Transição (BET): Aplicado em circunstâncias específicas até maio de 2025, com o propósito de garantir que nenhum beneficiário receba quantia inferior à concedida no programa anterior (Auxílio Brasil)

🚨 Para derrubar Juliette? Bacci dá notícia absurda de Davi + TV expõe dossiê chocante contra Mani    

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Eu sou Wellington Silva, tenho 26 e sou apaixonado pelo mundo dos famosos e reality shows. Tenho formação em Técnico em Redes de Computadores pela EEEP Marta Maria Giffoni de Sousa e me considero redator por vocação. Sou aficionado pela vida dos artistas. Já trabalhei em sites focados em artistas musicais e atualmente trabalho em sites focados nas celebridades no geral. Faço matérias com foco em reality shows, salários dos famosos, cantores, e como um bom noveleiro que sou, sobre as grandes novelas. Posso ser encontrado nas redes sociais como: @ueelitu