BBB22

BBB22

Campeão do BBB22, Arthur Aguiar pode investir e multiplicar a bolada de R$ 1,5 milhão; veja como

Arthur Aguiar foi o campeão do BBB22 (Foto: Reprodução / Globoplay)
Arthur Aguiar foi o campeão do BBB22 (Foto: Reprodução)

Arthur Aguiar foi o vencedor do BBB22.

Com a primeira colocação no BBB22, Arthur Aguiar faturou R$ 1,5 milhão de reais. É um valor suficiente para transformar a vida de qualquer pessoa. Conforme informou durante o Café da Manhã com Ana Maria Braga, no “Mais Você”, na manhã desta quarta-feira (27), o ator pretende investir o dinheiro em sua carreira musical.

Porém, caso mude de ideia, três especialistas consultados pelo InfoMoney sugeriram como fazer uma “bolada” como a que Arthur Aguiar, vencedor do reality show, levou para casa, render frutos no futuro.

A planejadora financeira CFP Fernanda Melo informou que o primeiro passo a ser dado pelo marido de Maíra Cardi é quitar dívidas, caso tenha. O motivo: as taxas de juros cobradas em empréstimos ou no rotativo do cartão de crédito costumam ser mais altas do que os investimentos conseguem entregar, justificou a especialista.

O segundo passo, de acordo com a planejadora financeira, envolve criar uma espécie de caução: fazer uma reserva de emergência que cubra o custo de vida que a pessoa tem hoje; e fazer um seguro de vida, ou uma previdência privada para compor a renda familiar, caso alguma coisa aconteça com o ex-BBB22.

“É preciso pensar em um planejamento sucessório e ter uma boa parte da alocação em investimentos com maior liquidez para aproveitar oportunidades que possam surgir, como adquirir empreendimentos, por exemplo”, afirmou Fernanda Melo.

Como o ganhador deve receber uma série de convites para estrelar campanhas, fazer publis e evetos, Fernanda aconselha que Arthur monte uma carteira com liquidez em vários prazos, desde diário até uns três anos. O intuito, diz, é que ele tenha chance de saída para aproveitar boas chances, seja na bolsa, em imóveis, ou na renda fixa.

INVESTIMENTO EM FORMAÇÃO

Após quitar todas as dívidas, é uma ótima oportunidade para investir em si mesmo. Foi o que projetou o próprio ator durante a conversa com Ana Maria Braga, onde Arthur destacou que vai investir em sua carreira na música.

Patrícia Palomo, conselheira da Planejar, defende que a pessoa vá atrás de cursos de formação, como apresentador, cantor etc, para aprimorar os dons que possui.

“Muitas vezes, pensamos apenas no investimento em ativos financeiros, quando devemos pensar no ganhador como um ativo. Ele está no ápice da exposição e vai começar a ter outras oportunidades de gerar renda com o próprio trabalho”, atentou Patrícia Palomo.

Passadas essas etapas, montar uma carteira de investimentos é uma sugestão para Arthur Aguiar. De acordo com Patrícia, da Planejar, é que o ganhador do BBB22 foque em ativos que cumpram bem duas funções: gerem renda passiva ou ganho de capital para que o patrimônio se multiplique.

No quesito renda passiva, a preferência é por ativos que oferecem certa proteção em relação à alta de preços que atinge boa parte do mundo. De acordo com a planejadora, questões geopolíticas envolvendo a guerra na Ucrânia e os bloqueios na China indicam que a dinâmica inflacionária deve persistir por mais algum tempo.

Nesse caso, a melhor armadura está nos papéis com remuneração atrelada à inflação como, por exemplo: títulos públicos do Tesouro Direto (Tesouro IPCA+) ou títulos privados, especialmente debêntures incentivadas, Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) ou do Agronegócio (CRAs).

A escolha por esses papéis de crédito privado, justifica a alocadora, é porque eles contam com isenção tributária, ao contrário de outras opções como Certificados de Depósitos Bancários (CDBs).

Mesmo assim, é preciso atenção: os três não possuem cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que devolve até R$ 250 mil por investidor (CPF) e por instituição financeira, até o teto de R$ 1 milhão renovado a quatro anos, em caso de problemas com o Banco Central.

Para montagem de uma carteira, a especialista recomenda a alocação em diferentes títulos (públicos e privados), que tenham cupom. Ou seja: títulos que oferecem parte do pagamento dos juros antes do vencimento. Hoje, as opções mais comuns são de papéis com cupom semestral.

MAIS INVESTIMENTOS PARA ARTHUR AGUIAR

Na hora de escolher, prazos mais curtos são os preferidos da conselheira da Planejar. No caso do Tesouro Direto, hoje a opção de menor vencimento com cupom semestral é o Tesouro IPCA+2032. Caso Arthur tenha  um perfil mais conservador, a dica da especialista é que o vencedor do BBB22 aloque 80% do capital na parte de renda fixa e o restante em renda variável.

Caso investir diretamente nos títulos seja uma opção, há quem prefira alocar em crédito privado via fundos. A oportunidade está na facilidade do investimento ao ter uma gestão profissional por trás e uma garantia maior de que o investidor terá liquidez, caso precise sair da aplicação, conta Rodrigo Marcatti, CEO da Veedha Investimentos.

“Não precisa estudar ou aprender a entender melhor o risco de cada emissor dos papéis. Ao olhar, busque um fundo com histórico razoável nos últimos cinco anos, e com patrimônio acima de R$ 100 milhões para os riscos serem diluídos”, frisa Marcatti.

Outra opção para quem deseja ter um dinheiro caindo na conta com maior frequência é investir em fundos imobiliários. Patrícia, da Planejar, alega que fundos conhecidos como de “papel”, ou seja, que investem em títulos como CRIs, por exemplo, podem ser interessantes em meio a um cenário de inflação mais persistente.

O motivo, é que eles aplicam em títulos que acompanham certos índices de inflação, como o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ou o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M).

Fundos imobiliários que investem em shoppings com cara mais premium também podem ser bons trunfos para o cenário atual, de acordo com Patrícia. “A inflação é muito cruel para quem tem um orçamento muito comprometido. Já quando o público-alvo tem disponibilidade de renda, a inflação pesa menos e há sobra para o consumo discricionário”, diz a especialista.

Marcatti, da Veedha, concorda e observa que fundos com shoppings como o Cidade Jardim, por exemplo, no portfólio, são produtos em que o empreendimento apresenta uma boa reserva de mercado e pode ser mais resiliente nesse cenário.

“Tem muita oportunidade e prédio barato, sendo que o custo de reposição é o dobro. Fundos de laje corporativa podem dobrar de valor, no médio prazo”, afirma o CEO da Veedha.

AQUELE 1%

Com o avanço da Selic, no começo deste mês, Maria Fernanda Violatti, analista da XP e Thiago Otuki, economista do Clube FII, do quadro Liga de FIIs, selecionaram quatro fundos imobiliários com capacidade de manter a taxa de retorno mensal com dividendos acima de 1% nos próximos meses, que serviriam como uma opção para Arthur Aguiar.

São eles: Urca Prime Renda ( URPR11), Valora Hedge Fund (VGHF11), Kinea Índices de Preços ( KNIP11) e o HSI Ativos Financeiros ( HSAF11).

Já no quesito alocação internacional, setores relacionados ao futuro, como o de tecnologia chamam a atenção da alocadora. “O mercado acionário americano sofreu uma grande correção agora. Vimos papéis de empresas muito boas sofrendo. Há uma janela de oportunidades interessante agora”, destaca.

Marcatti, da Veedha, também indica que o vencedor do BBB22 possa internacionalizar os investimentos, só que prefere que isso seja feito via um fundo internacional ou via um Certificados de Operações Estruturadas (COE).

Fundos multimercados também têm espaço na carteira, mas a alocação não pode ultrapassar os 20% do portfólio, na opinião de Marcatti. “Estamos com tanta incerteza e volatilidade, que não há uma tendência de longo prazo. Agora, é importante ter menos multimercado”, conclui.

Opções é o que não faltam para que Arthur Aguiar multiplique o valor do prêmio milionário do BBB22.

Após vencer o BBB22, Arthur Aguiar afirma que não sabe como usar o dinheiro do reality
Após vencer o BBB22, Arthur Aguiar afirma que não sabe como usar o dinheiro do reality (Reprodução/ Globo)

Quem escreve

Diego Laureano

Paulistano com alma de carioca, sou formado em Jornalismo e completamente apaixonado por comunicação. Escrever sobre televisão e seus bastidores é a minha realização profissional, que faço com clareza, leveza, seriedade, humor e muito amor.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários