COMO É QUE É?

Diagnóstico de câncer: Descoberta fatal sobre álcool e vinho chega hoje (3) para BANIR 2 populares da cozinha

03/06/2024 às 9h16

Por: Lennita Lee
Imagem PreCarregada
Estudo aponta alto risco de câncer em bebidas com álcool (Foto Reprodução/Montagem/Lennita/Tv Foco/Canva/Metrópoles/Pinterest)

Bebidas alcoólicas podem culminar em um diagnóstico de câncer, conforme exposto por estudo

Ahh o frio chegou! e com ele o hábito de se deliciar com bons vinhos e algumas bebidas também …

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Isso porque, assim que a temperatura lá fora começa a abaixar, é comum que algumas pessoas tenham a ideia de tomar alguma bebida alcoólica para espantar a sensação de frio.

Seja através de um bom vinho ou do destilado de sua preferência, esse hábito realmente costuma surtir efeito, pois o incômodo gerado pela queda de temperatura ambiente tende a ir embora … Porém é preciso manter- se em alerta!

Isso porque além da sensação ser falsa, uma vez que consumir bebidas alcoólicas causa apenas uma vasodilatação e consequentemente uma elevação da sensação térmica, ela ainda desprotege e faz com que a pessoa se exponha mais ainda ao frio.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Mais que isso, uma descoberta fatal sobre o consumo exacerbado de bebidas alcóolicas veio à tona e podem vir a banir o álcool e o vinho em situações extremas.

Veja também

De acordo com o portal do Catraca Livre, um estudo recente do site Cancer FactFinder, da Escola de Saúde Pública de Harvard, cujo qual fornece informações sobre o que causa câncer, deu uma ênfase aos cuidados quanto ao consumo dessas 2 bebidas populares das cozinhas, bares e mercados.

Sendo assim iremos detalhar todos os riscos para você se manter bem informado nesta segunda-feira (03)

Diagnóstico fatal

Isso porque bebidas com álcool estão ligadas ao risco acentuado de diversos tipos de neoplasias.

Segundo o site, há um forte consenso de que o uso de álcool é um cancerígeno dGrupo 1 (o que significa que é cancerígeno em humanos) pela Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC).

Ao consumirmos o álcool, ele é metabolizado pelo fígado em uma substância química chamada acetaldeído.

Essa substância, por sua vez, é altamente tóxica e cancerígena. Ele pode danificar o DNA das células e impedir que estas se repararem adequadamente.

Esse dano pode levar ao desenvolvimento de células cancerosas.

O processo de metabolização do álcool também gera radicais livres, que são moléculas instáveis que podem causar danos às células do corpo.

Esse dano, conhecido como estresse oxidativo, pode contribuir para a formação de câncer ao alterar o DNA e outros componentes celulares importantes.

Além disso, o consumo excessivo de álcool pode aumentar os níveis de estrogênio no corpo, um hormônio que está relacionado ao desenvolvimento de cânceres como o de mama.

Em altos níveis, o estrogênio pode estimular o crescimento de células cancerosas nos tecidos mamários.

Quais são os tipos mais comuns de câncer em quem consome bebida alcoólica?

Ainda de acordo com o National Cancer Insitute, dos Estados Unidos., os tipos de câncer podem ser diversos; Veja abaixo os mais comuns relacionados com o consumo de álcool:

  • Cabeça e pescoço

Pessoas que bebem de forma moderada têm risco 1,8 vezes maior de câncer de cavidade oral e faringe (garganta) e risco 1,4 vezes maior de câncer de laringe (cordas vocais) do que de quem não bebe álcool.

Já quem bebe sem nenhum tipo de moderação ​​têm risco 5 vezes maior de câncer de cavidade oral e faringe e risco 2,6 vezes maior de câncer de laringe

  • Esofágico

Em comparação com aqueles que não bebem álcool, o risco varia de 1,3 vezes maior para bebedores leves. Mas chega a quase cinco vezes maior para bebedores pesados.

  • Fígado

O consumo excessivo de álcool está associado a um risco aproximadamente duas vezes maior de dois tipos de câncer de fígado.

  • Mama

O aumento do risco de câncer de mama é maior em bebedores moderados (1,23 vezes mais) e bebedores pesados ​​(1,6 vezes mais).

  • Colorretal

O consumo moderado a pesado de álcool está associado a um risco 1,2 a 1,5 vezes maior de câncer de cólon e reto, em comparação com o não consumo de álcool.

Isso ocorre porque o álcool pode causar inflamação e dano ao revestimento do intestino. Dessa forma, contribui para o desenvolvimento de câncer.

Sendo assim, caso não possa evitar o recomendável é SEMPRE consumir bebidas alcoólicas de forma bem moderada.

ATENÇÃO! Qualquer diagnóstico, seja ele qual for, DEVE SER COMPROVADO APENAS POR UM MÉDICO por meio de exames e consultas.

🚨 Didi na Globo + Ana Maria explode em indireta contra Global + Funcionária de Davi DETONA ele e irmã 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras. Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ... Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.