Celebridades

Celebridades

“Eu tenho HIV”, Cantor recebe diagnóstico cruel, dá notícia em textão e confirma o pior aos prantos: “Morrer”

Famos cantor recebe diagnóstico de HIV - Foto: Reprodução
Famoso cantor recebe diagnóstico de HIV – Foto: Reprodução

O cantor deu a notícia de HIV ao público por meio de uma carta aberta nas redes sociais

Descoberto em 1981, o HIV já ceifou mais de 33 milhões de vida ao longo dos anos. Porém, com o avanço da medicina, uma série de tratamentos surgiu como uma luz de esperança aos portadores, já que possibilitam o enfermo levar uma vida normal como qualquer outra pessoa.

Atualmente, para a alegria de todos, a taxa de mortalidade por conta da doença caiu de forma brutal, mas a discriminação aos portadores sem dúvidas continua sendo uma pedra no sapato daqueles que convivem com o vírus.

Há alguns anos, no Dia Mundial de Luta contra a Aids, quem resolveu abrir o jogo e falar sobre ser portador da enfermidade foi Gabriel Estrela, de 30 anos, durante uma entrevista ao jornal O GLOBO. Segundo o ex-participante do De Férias com o Ex, da MTV, ele descobriu a doença aos 18 anos.

“Peguei HIV porque fiz sexo sem camisinha. Não era comum, para mim, não usar preservativo, mas aconteceu várias vezes. Descobri que tinha HIV porque fazia exames para o vírus HPV que apesar de estar associado sempre às meninas, também é comum nos meninos. Chorei muito. A primeira coisa que vem à cabeça é que acabou mesmo e que iria morrer.”, disse o cantor.

Em seguida, o cantor esclareceu como foi contar para a família ser portador do HIV. “Lembro que meu pai disse que todos em casa também já haviam feito sexo sem camisinha e que não dava para me culpar pelo ocorrido. Porque a gente se culpa sozinho, claro. Eu tinha 18 anos.”, comentou.

Veja também

Meses depois, Gabriel Estrela resolveu expor ao mundo o diagnóstico e compartilhou uma carta aberta nas redes sociais. “Fiz uma carta aberta e coloquei na internet. Joguei a bomba e fui viajar, tinha um compromisso profissional.”, disse ele, alegando ter recebido uma série de mensagens de apoio após a confissão.

CONVIVER COM A DOENÇA

No fim, o cantor e compositor não deixou de expor a todos como é conviver com o vírus. “Com os tratamentos, a vida é outra. Com o diagnóstico feito cedo, a Aids não se concretiza. Eu uso camisinha, tomo meus remédios porque isso também é uma forma de prevenção.”, esclareceu.

“A gente sabe que a pessoa com vírus indetectável não transmite HIV. Hoje o HIV é um fato social na minha vida, não sexual. Claro que sempre lembro da minha sorologia porque tomo os remédios duas vezes ao dia e estou com o musical que conta a minha história. Mas o medo acabou.”, finalizou Gabriel Estrela.

Cantor Gabriel Estrela - Foto: Reprodução
Cantor Gabriel Estrela – Foto: Reprodução

VÍDEO YOUTUBE: Programa da Ivete Sangalo na Globo É DETONADO 

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários