Celebridades Gospel

Cantora gospel Cassiane aparece em vídeo sorrindo ao ver mulher tomando surra de marido e gera revolta: “Vergonha”

Vídeo: Cantora gospel Cassiane causou polêmica com novo clipe (Foto: Montagem)
Cantora gospel Cassiane causou polêmica com novo clipe (Foto: Montagem/TV Foco)

Cassiane é massacrada após lançamento de novo clipe

Cassiane, famosa cantora gospel, lançou recentemente no canal no YouTube do MK Music, o clipe da música A Voz, que acabou causando revolta entre os internautas.

No enredo do clipe, é mostrado a história de uma mulher que sofre violência doméstica e acaba abandonando o marido, porém, depois, escreve um bilhete dizendo que perdoa o mesmo. No final, todos aparecem felizes e até então nenhum policial é visto em cena.

+Marília Mendonça, com namorado acusado de traição, esclarece polêmica e expõe a verdade: “Cada vez mais complicado”

No clipe, a cantora ainda aparece sorrindo, o que deixou ainda mais os internautas revoltados. “Reconheça a voz de Deus. Deixa ela estremecer o seu coração. O timbre santo do Senhor há de te curar, pois Ele é a voz que restaura a vida. Oro por você. Perdoo você”, diz a carta escrita pela mulher violentada.

Muitos então, deram deslikes no clipe, dizendo que o mesmo trata-se de um “desserviço”, pois, em nenhum momento a mulher apareceu denunciando o homem à polícia, mesmo sendo agredida por ele diversas vezes.

“O cara esmurrou a mulher várias vezes. Aí se converteu, e sai impune?”, perguntou um internauta. “Para ficar melhor, só faltou a parte em que ele é preso e ela tem uma medida protetiva contra ele. A violência doméstica contra a mulher mata, não pode ser silenciada ou romantizada. Não seja cúmplice disso”, pediu outro.

+Após Maiara divulgar vídeo aos prantos, Fernando Zor surge na madrugada e expõe: “Você tenta, tenta e não consegue”

“A mulher com a cara roxa e a cantora cantando sorridente. Noção zero”, disparou mais uma. Até o fechamento desta matéria, o clipe já conta com quase 100 mil deslikes e apenas 16 mil curtidas.

EXPLICAÇÃO

Diante da repercussão negativa do clipe de Cassiane, a diretora artística e roteirista do vídeo, Marina de Oliveira, atualizou a descrição do vídeo no YouTube e se explicou dizendo:

“Não podemos esperar que pessoas que ainda não foram alcançadas pela graça de Deus compreendam a profundidade da história. Essas pessoas não acreditam que Deus em sua misericórdia tem poder para mudar a vida e o comportamento de uma pessoa. Para enxergar e compreender isso é preciso se converter. Como esta mulher do clipe, existem milhares de outras que sofrem agressão e a decisão da denúncia é de cada uma delas. Notem que não fica claro no clipe se a mulher denunciou o marido. Quem sabe, quando ela foi embora também não ligou para denunciar?”, disse ela.

+Alexandre Garcia, renomado jornalista da Globo, fecha contrato com a CNN Brasil, que exalta: “Liberdade de expressão”

“Nossa abordagem no clipe é espiritual e não jurídica. O foco do clipe é que a voz de Deus faz demônios saírem e tem poder para transformar vidas e conceder uma segunda chance até para o mais vil pecador, ou criminoso. Assim como não aparece a mulher denunciando, também não aparece ela voltando para casa. O clipe termina em aberto justamente por ser um assunto tão íntimo, delicado e polêmico”, completou Marina.

Assista ao polêmico vídeo de Cassiane abaixo!

Barracos, traição e muita fofoca ao vivo no canal do TV FOCO no YOUTUBE. INSCREVA-SE

Sobre o autor

Bruno Silva

Bruno Silva é paraibano e atua na área como redator desde 2013, sempre trazendo notícias aos leitores com muita responsabilidade.