Celebridades Jair Bolsonaro

Cantores sertanejos e outros famosos declaram apoio a Bolsonaro e fazem homenagem; veja

O presidente Jair Bolsonaro em encontro com cantores sertanejos e artistas em Brasília (Foto: Jorge William/Agência O Globo)
O presidente Jair Bolsonaro em encontro com cantores sertanejos e artistas em Brasília (Foto: Jorge William/Agência O Globo)

Bolsonaro foi homenageado por cantores famosos e celebridades

Jair Messias Bolsonaro foi homenageado por cantores sertanejos e outros famosos nesta quarta (29) em Brasília, no Palácio Presidencial.

Eles assinaram uma carta de apoio, lida no local, que declara que Bolsonaro fez notáveis feitos em diversos setores produtivos e é um governante que trabalha em prol da população. Bolsonaro então agradeceu o apoio dos cantores. Além disso, um representante desses artistas pediu ao Bolso formalmente que desse fim a meia-entrada em eventos culturais e uma modificação na lei de direitos autorais, como informa o Extra.

Segundo a lista declarada pelo Palácio do Planalto, estiveram presentes 56 artistas em prol de Bolsonaro, entre os quais Bruno e Marrone e Cesar Menoti e Fabiano, além de Cristiano (da dupla com Zé Neto) e do humorista Dedé Santana.

O presidente Jair Bolsonaro em encontro com cantores sertanejos e artistas em Brasília (Foto: Jorge William/Agência O Globo)
O presidente Jair Bolsonaro em encontro com cantores sertanejos e artistas em Brasília (Foto: Jorge William/Agência O Globo)

O narrador de rodeios Cuiabano Lima, titular da festa do peão de Barretos (SP), discursou no início do evento e leu a carta dos artistas. Em seguida, o presidente da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), Doreni Caramori Junior, clamou a Bolsonaro o fim da meia-entrada, classificada como injusta além de mudanças na cobrança de direitos autorais, que ele chamou de “arcaica”.

Bolsonaro, então, disse aos presentes que eles podem dar sugestões de decretos e de projetos de lei, mas não se referiu a um tema único. Biroliro falou ter um “carinho especial” pelos cantores sertanejos e recordou de um programa de rádio que ouvia quando era criança.

Pouco antes do evento começar, Bolsonaro vestiu o chapéu de Lima e os dois ensaiaram o que já virou uma espécie de chavão do Bolso. Em seu discurso, relatou que irá na festa de Barretos deste ano, assim como no ano anterior. A equipe do Presidente convocou os servidores públicos a preencher as cadeiras vazias no Salão Nobre do Planalto para ficar mais bonito na foto.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Vinícius Vieira

Analista de televisão há mais de 10 anos, Vinícius Vieira é redator e escreve sobre o assunto há pelo menos 6 anos e é um apaixonado pelo assunto, principalmente a TV aberta. Contato e profissional: vinicarvalhocontato@outlook.com