Celebridades Mundo

Assustador! Grandes celebridades brasileiras que tiveram suas vidas interrompidas pelo vírus da AIDS

Celebridades que foram vítimas da AIDS (Foto: Montagem Tv Foco)
Celebridades que foram vítimas da AIDS (Foto: Montagem Tv Foco)

Saiba quem são as grandes celebridades brasileiras que tiveram suas vidas interrompidas devido ao vírus da AIDS e você provavelmente não sabia ou não se lembra.

A AIDS é uma complicação do vírus HIV, que interfere na capacidade do organismo de combater infecções. Ele geralmente é transmitido por relações sexuais sem proteção, e já matou milhares de pessoas ao redor do mundo.

Atualmente, apesar de ainda não existir cura para a doença, ele pode ser tratado e dificilmente uma pessoa portadora do HIV chega a evoluir a doença e morrer por AIDS. Entretanto, no século passado, não tínhamos uma medicina avançada e vários artistas famosos do nosso país foram dizimados pela doença; veja alguns deles:

+ Sobre BBB20: Homens vetados, revolta, machismo e liderança dupla; saiba o que rolou na terceira prova do líder

Wagner Bello

O ator Wagner Bello morreu vítima do vírus da AIDS (Foto: reprodução)
O ator Wagner Bello morreu vítima do vírus da AIDS (Foto: reprodução)

Eternizado pelo papel de Etevaldo no ‘Castelo Rá-Tim-Bum’, o ator Wagner Bello era portador do vírus da AIDS e faleceu em 1994, ainda aos 30 anos de idade. Ele morreu alguns dias antes de gravar sua última cena no seriado infantil, e teve que ser substituído às pressas.

Sandra Bréa

A atriz Sandra Breá (Foto: reprodução)
A atriz Sandra Breá (Foto: reprodução)

Considerada o maior símbolo sexual do país na década de 1980, a atriz Sandra Breá descobriu que havia sido contaminada pelo vírus do HIV em 1993, e sofreu forte discriminação do público com o passar dos anos. Ela faleceu sete anos depois, em 2000, vítima da evolução da doença. “Não morrerei de Aids”, dizia. “Vou morrer como qualquer um, atropelada.”

Cláudia Magno

A atriz Cláudia Magno (Foto: reprodução)
A atriz Cláudia Magno (Foto: reprodução)

Eternizada em tramas como “Tieta” e “Fera Radical”, a atriz Cláudia Magno morreu aos 35 anos, em 1994, por insuficiência respiratória aguda, em decorrência da AIDS, na cidade do Rio de Janeiro. Quando morreu, a atriz estava atuando na novela “Sonho Meu”, na Globo, onde dava vida à enfermeira Josefina.

+ sobre entretenimento: Picalé: Pernambucana faz picolé em formato de pênis para o carnaval e impressiona com ousadia: “Chupa que hidrata”

Sua morte foi noticiada no Jornal Nacional, já no comando de William Bonner, e chocou todo o país que diariamente a vida nas telinhas graças à telenovela.

Cazuza

O cantor Cazuza (Foto: reprodução)
O cantor Cazuza (Foto: reprodução)

Fenômeno da música nacional brasileira, Cazuza chocou o país no dia 7 de julho de 1990 ao falecer  devido a um choque séptico, causado pela AIDS. O cantor a meses vinha fazendo tratamentos para a doença, tanto no Brasil quanto no exterior. Em seu enterro, mais de mil pessoas se encontravam, entre família, amigos e fãs.

Caique Ferreira

O ator Caique Ferreira (Foto: reprodução/Globo)
O ator Caique Ferreira (Foto: reprodução/Globo)

Sete dias após a morte de Cláudia Magno, o ator Caique Ferreira também chocou o país ao ser levado vítima da AIDS, ainda aos 39 anos.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

João Paes

Estudante de Publicidade e Propaganda, amante de cultura pop, reality shows, séries e música.