Agora

Agora

Chá, sal e água: Anvisa inicia 2024 com facão à solta, crava proibição em 3 populares e retira de mercados

Chá, sal, água, mulher assustada e Anvisa (Fotos: Reproduções / Marcelo Camargo / Freepik)
Chá, sal, água, mulher assustada e Anvisa (Fotos: Reproduções / Marcelo Camargo / Freepik)

Anvisa faz três proibições em produtos populares

A Anvisa começou o ano de 2024 com três determinações importante envolvendo produtos populares.

Isso porque, em janeiro, o órgão fez três proibições e ordenou a retirada dos produtos dos mercados.

Em suma, a agência proibiu a comercialização de um chá falsificado, de um sal e até de água.

Primeiramente, vamos começar falando sobre a proibição de Águas Envasadas da marca H2 ou Hidrogênio Molecular.

No dia 19 de janeiro, a Anvisa proibiu o uso dos produtos devido a ingredientes não autorizados e veiculação de publicidades irregulares.

Veja também

De acordo com o portal oficial da vigilância, quatro lotes foram proibidos. São eles:

  • Água com gás – Bomba atômica – Marca H2 ou Hidrogênio Molecular;
  • Água mineral sem flúor PF 10 – Sem gás – Marca H2 ou Hidrogênio Molecular;
  • Água com hidrogênio molecular com PPB700 – Marca H2 ou Hidrogênio Molecular;
  • Água com hidrogênio molecular – Marca H2 ou Hidrogênio Molecular.

Os produtos possuem publicidades irregulares com sugestão terapêutica ou medicamentosa de uso, como: “reduz inflamações, glicose, colesterol e triglicerídeos no sangue”, entre outros.

“Comunicação de Risco nº 005/2024 – VISA – Proibição de Águas Envasadas da marca H2 ou Hidrogênio Molecular, fabricadas por empresa desconhecida. Grupo Técnico da Rede de Alerta e Comunicação de Riscos de Alimentos – REALI/Coordenação de Inspeção e Fiscalização Sanitária de Alimentos”, disse a Anvisa.

Determinação Anvisa águas (Foto: Reprodução / site oficial)
Determinação Anvisa águas (Foto: Reprodução / site oficial)

MAIS PRODUTOS

No dia 23 de janeiro deste ano, a Anvisa também proibiu o lote nº 000171 do produto Flor de Sal marca Mundialho, de responsabilidade da empresa Mundial Food Produtos Alimentícios LTDA.

De acordo com informações do portal oficial da agência, o produto não passou no teste de iodo.

“Suspensão de lote do produto Flor de Sal marca Mundialho, de responsabilidade da empresa Mundial Food Produtos Alimentícios LTDA. Grupo Técnico da Rede de Alerta e Comunicação de Riscos de Alimentos – REALI/Coordenação de Inspeção e Fiscalização Sanitária de Alimentos”, disse a Anvisa.

Por fim, a agência também proibiu a comercialização produto falsificado Akabe Chá, da marca Via Natury, de responsabilidade da empresa K&C Alimentos Naturais Ltda.

A proibição é envolvendo os produtos falsos da empresa K&C Alimentos Naturais Ltda e não da marca Via Natury.

“Comunicação de Risco nº 009/2024 – VISA – Proibição do produto falsificado Akabe Chá da marca Via Natury, de responsabilidade da empresa K & C Alimentos Naturais Ltda (Bio Line & Fort Line – Vida & Força Natural). Grupo Técnico da Rede de Alerta e Comunicação de Riscos de Alimentos – REALI/Coordenação de Inspeção e Fiscalização Sanitária de Alimentos”, disse a Anvisa.

Determinação Anvisa sal (Foto: Reprodução / site oficial)
Determinação Anvisa sal (Foto: Reprodução / site oficial)
Comunicado Anvisa (Foto: Reprodução / Freepik)
Comunicado Anvisa (Foto: Reprodução / Freepik)

O QUE A ANVISA FAZ?

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária é responsável por criar regras e regulamentos para todas as atividades da área no país.

Desse modo, a Anvisa fiscaliza os produtos, seja dos mercados, em portos, aeroportos e fronteiras para dar mais qualidade para os brasileiros.

🚨 Davi é acusado de crime no BBB24 + Susana Vieira na Record + Jovem Pan fora do ar

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA