Chris Flores

Chris Flores não consegue iniciar Fofocalizando, explode com notícia de morte e gagueja: “Ridículo”

Chris Flores durante o "Fofocalizando", do SBT (Reprodução)
Chris Flores durante o “Fofocalizando”, do SBT (Reprodução)

Apresentadora começou o programa desta sexta-feira, 9, revoltada

Nesta sexta-feira, 9, o programa “Fofocalizando”, do SBT, acabou atrasando na programação da emissora devido ao “Bom Dia & Cia”. Com atraso de seis minutos, Chris Flores iniciou às pressas o noticiário de fofocas para comentar sobre o caso avassalador de Henry, morto aos quatro anos, possivelmente pelos pais.

Na ocasião, os apresentadores mostraram sua revolta ao mencionarem as novidades sobre o caso. “É ridículo e revoltante”, começou Chris Flores enquanto gaguejava. Logo depois, a reportagem começou e contou sobre as suspeitas de agressões realizadas em Henry por seus padrasto, o vereador Jairinho.

A mãe do menino, Monique Medeiros, está sendo apontada como cúmplice. Chris Flores ao lado dos jornalistas do “Fofocalizando” não seguraram a revolta ao mostrarem as imagens da mãe se arrumando para ir a delegacia depor sobre a morte do filho.

“É grotesco porque não tem outra palavra”, contou a apresentadora do Fofocalizando, que continuou:  “O que eles não esperavam era que a polícia pegaria o programa e recuperariam  as conversas. Ela faz uma selfie na delegacia, lugar que a gente fica a vontade. Sorrisinho de malandra. E quando foi enterrar o filho, ela foi no salão antes. Absurdo”.

Chris Flores não consegue iniciar Fofocalizando e explode com notícia de morte  (Reprodução)
Chris Flores não consegue iniciar Fofocalizando e explode com notícia de morte (Reprodução)

MORTE

A notícia abordada por Chris Flores é a do menino Henry, de quatro anos, foi encontrado morto no quarto da casa de sua mãe, Monique Medeiros, e do padrasto, o vereador Jairinho, na Barra da Tijuca, na madrugada de 8 de março. No relato, o casal alegou que o menino sofreu um acidente em casa e foi encontrado com os olhos revirados e sem respirar.

No entanto, os laudos da necropsia do menino e da reconstituição no apartamento afastam a hipótese defendida pelos dois. A polícia acredita que o vereador teria praticado tortura com o menino, semanas antes de sua morte, e que sua mulher sabia.

PRESOS

Vale ressaltar que Monique e Jairinho foram presos temporariamente nesta quinta-feira,8,  suspeitos de tentar atrapalhar as investigações. A apresentadora confirmou que os pais de Henry serão isolados para cumprir a quarentena e depois irão para a prisão.

Fofocalizando, Chris Flores
Vereador Dr. Jairinho é preso pela morte do menino Henry Borel, no Rio (Foto: Reprodução)

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Giovana Mori