Agora

Agora

Melhor Carne do Brasil: Churrascaria que você ama dá adeus definitivo e clientes ficam em estado de choque

Churrascaria tradicional fecha as portas após anos (Foto Reprodução/Montagem/Tv Foco)
Churrascaria tradicional fecha as portas após anos (Foto Reprodução/Montagem/Tv Foco)

O adeus definitivo de uma das churrascarias mais amadas pelos brasileiros

E em janeiro deste ano de 2023, uma notícia caiu como uma verdadeira bomba a milhares de frequentadores de uma tradicional churrascaria, amadas por muitos. inclusive pode estar na sua lista de favoritas.

Localizada na região de Guariruba, município da região de Santa Catarina, esse icônico estabelecimento acabou dando um adeus definitivo, o que deixou muitos clientes em choque.

Isso porque foi anunciado que a mesma iria fechar para sempre suas portas, deixando milhares entristecidos e chocados com a situação que ali era exposta, afinal de contas o local era conhecido por ter a “melhor carne do Brasil”.

Estamos falando da Churrascaria e Restaurante Schumacher, de Guabiruba, fundada no ano de 1974, por Renata Schumacher e Harry Kormann.

De acordo com o portal O Município, essa requisitada churrascaria havia aberto as suas portas pela última vez no dia 23 de dezembro de 2022. Vale dizer que essa decisão ocorreu após 60 anos de atividades.

Veja também

Decisão difícil

Ainda de acordo com o portal, a decisão oficial sobre o fim do “Schuma”, como o local ficou conhecido, foi tomada em reunião da família realizada no dia 19 de janeiro de 2023.

Desde o fim do ano de 2022, já haviam rumores de que o tradicional restaurante encerraria as atividades, mas ainda não se tinha a confirmação oficial sobre o futuro do estabelecimento.

Conforme declarado por Orides Kormann, filho de dona Renata Schumacher Kormann, o estabelecimento já tinha como costume fechar no fim do ano por duas semanas, mas o seu irmão Valdir, cujo qual tocava o estabelecimento, decidiu que esse ano ela não voltaria mais.

Ainda segundo as declarações dadas, as razões giram em torno de ambos estarem em idade avançada e os mais novos da família estarem focados em outros projetos.

Isso sem falar na falta de descanso. Afinal de contas, por ser um restaurante badalado não dava para ter folgas frequentes aos fins de semana:

“Eu também já tenho uma certa idade e meus sobrinhos todos têm seus afazeres, e o restaurante é um compromisso. Não tem sábado, domingo ou feriado, então decidimos não abrir mais. Vamos colocar à venda”

Ele ainda lamentou dizendo que para ele é triste demais a situação embora conformado com o fim:

“Para mim é triste passar aqui na rua e ver fechado, é uma sensação pesada, mas tudo um dia tem fim”

1-Tradição reconhecida

Segundo os relatos da própria família, a história do estabelecimento mais famoso de Guabiruba iniciou no ano de 1962, quando Osvaldo Schumacher abriu uma churrascaria onde servia galeto e churrasco.

O novo restaurante começou a atrair não apenas os moradores da pequena cidade, mas principalmente, os de Brusque, que vinham sábado e domingo almoçar no local com família e amigos.

Osvaldo tocou o restaurante por algum tempo, depois passou como herança para o filho Alcino, mas acabou não dando certo e foi colocado a venda novamente.

Foi então, no ano de 1974, que os pais de Orides, Renata Schumacher e Harry Kormann  decidiram comprar o estabelecimento. Nos últimos anos era dona Renata quem comandava a cozinha.

Inclusive, de acordo com Orides, ela fazia questão de ir ao restaurante bem cedinho, todos os dias. para deixar tudo organizado. Na maioria das vezes, era ela quem fazia o fogo no fogão a lenha do restaurante.

Quando Renata se afastou do restaurante, ele ficou sob a responsabilidade do filho Valdir Kormann. Já Orides o ajudava nos dias de maior movimento, que eram em sua maioria aos fins de semana.

2-Memória viva

Mais velho de cinco irmãos, Orides tem muitas lembranças do restaurante. Ele começou a trabalhar no local ainda com 11 anos de idade, quando ainda estava sob a direção do avô.

No início, o ‘Schuma” abria para almoço e jantar quase todos os dias. Com o passar do tempo, o restaurante passou a ter sua frequência reduzida do jantar, a ponto de servir apenas um almoço.

Como mencionamos inúmeras vezes ao longo deste texto, seu maior movimento do restaurante sempre foi no fim de semana, principalmente no domingo.

Com um salão com capacidade para 356 pessoas, aos domingos ficava praticamente LOTADO.

3-Presenças ilustres …

Após a entrada de Renata e Harry no negócio, o carro-chefe do restaurante se tornou a culinária típica alemã.

O marreco recheado e o eisbein (joelho de porco) foram apreciados por muitas pessoas, não apenas moradores de Guabiruba ou de Brusque, mas de várias cidades do Brasil e até de outros países, que sempre saíam encantados com a hospitalidade do local e a boa comida.

Várias presenças ilustres tiveram a oportunidade de apreciar o marreco do ‘Schuma’ de Guabiruba, como o apresentador Ratinho, o goleiro Cássio, do Corinthians, a banda Mamonas Assassinas, quando se apresentou em Brusque no ano de  1995, entre vários cantores e personalidades conhecidas.

Orides destaca ainda o sucesso do ‘Schuma’ com os moradores de Brusque. De acordo com ele, a maior parte dos clientes do restaurante sempre foi brusquense:

“Um orgulho para a família. “Sempre teve aquela conversa: o melhor marreco de Brusque se come em Guabiruba”,

4-Agradecimentos finais

Orides ainda disse na ocasião que o que mais faria falta era justamente o será o contato com os clientes:

“O que eu mais gostava era da clientela. Chegar e ver o cliente satisfeito, feliz. Cliente que você já sabe do que gosta, o que vai pedir, o que vai tomar” – Iniciou ele que continuou:

“Muitos que eu colocava na cadeirinha quando eram crianças e depois eu colocava na cadeirinha os filhos e os netos deles. Atendemos várias gerações. É triste chegar ao fim, mas foi melhor assim”

Por fim ele finalizou agradecendo a todos que contribuíram de certa forma com a história do restaurante;

“Gostaria de agradecer a todos os nossos clientes e também aos funcionários. Tivemos cozinheiras e garçons dedicados, que prosperaram com a gente, que já eram amigos da casa. Parabéns pelo trabalho que realizaram aqui durante todos esses anos”

Mas a churrascaria foi vendida?

De acordo com apurações do TV Foco, não foi encontrada nenhuma informação oficial a respeito se a venda foi ou não concretizada. O que se sabe é que, ao pesquisar no Google, ela aparece como permanentemente fechada.

Nas redes sociais, ela nem aparece mais na pesquisa de busca.