Celebridades

Clarice Falcão faz desabafo após amigo sofrer homofobia e ser agredido em carro de aplicativo

Clarice Falcão lamento agressão sofrida pelo seu melhor amigo através do Twitter (Foto: Divulgação)
Clarice Falcão lamento agressão sofrida pelo seu melhor amigo através do Twitter (Foto: Divulgação)

Cantora relatou caso de homofobia sofrido pelo amigo durante viagem em carro de aplicativo

Um fato lamentável aconteceu no centro do Rio de Janeiro, e através do seu Twitter, a cantora Clarice Falcão se mostrou revoltada. Ela relatou que o seu ‘melhor amigo’ foi vítima de homofobia e acabou sendo agredido por um motorista de aplicativo, e além disso, chamou o amigo dela de ‘viadinho’.

+Ana Maria Braga compara macaco ladrão com moradores do Rio de Janeiro ao vivo na Globo e é detonada

+As Aventuras de Poliana: Branca e Antônio fazem anúncio importante, Guilherme e Raquel terminam namoro, e Vini muda radicalmente de visual

+A Dona do Pedaço: Josiane mostra seu lado megera e humilha Abel e Britney

Clarice Falcão ainda contou que o motorista estava armado. O amigo, junto com o seu namorado, foi agredido com socos e coronhadas. Veja a publicação da cantora feita no Twitter a seguir:

Nos comentários da sua publicação, a cantora criticou o aplicativo de carro: “Ele está fazendo BO mas só tem a foto e o primeiro nome do motorista e a @Uber_Brasil se recusa a passar a placa ou dar qualquer informação, o máximo que fez foi ressarcir os 17 reais da corrida.”

Visto a repercussão negativa do caso, a Uber resolveu se pronunciar e comentou a publicação de Clarice: “Olá! Não toleramos nenhum tipo de discriminação ou violência entre usuários. Queremos entender melhor o que aconteceu e prestar suporte para o seu amigo. Por favor, nos informe de forma privada a data e horário da viagem e os dados cadastrados na conta do solicitante da viagem.”

Através de uma nota enviada ao jornal O Dia, a Uber lamentou o fato e disse que é inaceitável qualquer tipo de violência e discriminação em viagens realizadas pelo aplicativo. “O motorista citado foi desativado do app assim que soubemos do caso. Entramos em contato com o usuário para oferecer apoio e informar que seguimos à disposição das autoridades para colaborar com as investigações”, diz trecho da nota.

+Maju Coutinho de biquini, Caio Blat de sunga em volume bizarro e Simaria bomba entre imagens mais buscadas; veja

A empresa do aplicativo ainda disse que não pode fornecer dados do motorista para terceiros, apenas irá disponibilizar para a polícia quando solicitado.

Motorista acusado de agressão e homofobia não faz mais parte do Uber (Foto: Divulgação)
Motorista acusado de agressão e homofobia não faz mais parte do Uber (Foto: Divulgação)

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Bruno Silva

Bruno Silva é paraibano e atua na área como redator desde 2013, sempre trazendo notícias aos leitores com muita responsabilidade.