Celebridades Globo

Claudia Leitte comenta dificuldade no The Voice Kids e dispara: “Tá emocionante o programa”

Cláudia usou imagem para dizer que mudaria de nome, mas era tudo propaganda (Foto: Reprodução)

Claudia Leitte saiu do The Voice, com adultos, e passou para o The Voice Kids, juntamente com Simone e Simaria, as novas técnicas da atração.

Ao site da Caras, a loira comentou sobre a emoção de gravar o programa global e o seu envolvimento com as crianças. Ela ainda revelou uma dificuldade que enfrenta com os pequenos.

“Como é que eu faço pra trabalhar as vozes infantis na minha cabeça ali no The Voice Kids? Eu vou te dizer que eu não tô fazendo um trabalho especial, porquê talento é talento, independente da idade”, disse a loira.

E acrescentou: “E aquelas crianças são muito especiais. Criança é muito especial. Criança que canta leva a gente pra mais perto de Deus. Então eu me permito emocionar. E como se trata de um time, e dá vontade de bater (o botão vermelho) pra todas as crianças que passam por ali, eu vou batendo (risos)”, confessou.

“É isso, é a verdade. Eu vou formando meu time assim (batendo pra todas). Todo mundo é talentoso, todo mundo lindo… vocês vão ver, tá emocionante o programa. As crianças são maravilhosas, tá me fazendo um bem muito grande, e acho que todo mundo vai se sentir impactado com esse programa. Tá incrível!”, finalizou a loira.

POLÊMICA COM NOVA MÚSICA:

A cantora Claudia Leitte lançou a música Lacradora nesta sexta-feira (8), mas foi detonada por supostamente fazer uso de gírias LGBT e frases feministas, mas com a intenção de incentivar a rivalidade feminina. Em um dos trechos, ela fala “copo na mão e as inimigas no chão”.

Essa situação só piorou depois que a cantora Pitty escreveu o seguinte tweet: “Amoras, ai ai ai. ‘Hino feminista’ que ataca outras mulheres e estimula competição com esse papo de ‘recalcadas e invejosas’ para mim não é feminista nem aqui nem na Rússia”.

Pitty apagou o post em seguida, dizendo que não queria provocar polêmicas, e Claudia Leitte explicou tudo em seu perfil no Instagram. “A música Lacradora  nem foi lançada e já tem polêmica entre mim e Pitty, logo nós duas que somos baianas!”, disse ela.

“Uma das inimigas da mulher, na música Lacradora, é a intolerância. A gente tá ficando muito cheio de mimimi, pessoal. Então pronto, está tudo resolvido entre essa história de mim e Pitty, ninguém vai colocar pimenta no nosso acarajé não, tá bom?”, completou.

Renato Aragão revela doença causada por proximidade com Roberto Carlos

Para a revista Quem, ela também explicou a letra: “Eu não queria que tivesse uma mensagem oposta à sororidade. As mulheres não são inimigas umas das outras. Quando gravei, as ‘inimigas’ eram os sentimentos, como a inveja, a mentira, a falsidade, a arrogância”.

“São as inimigas da mulher e não uma mulher contra a outra”, contornou a situação. “Se não for pra ser lacradora, nem vou. Até dentro de casa tem que ser… A gente não sabe o que vai acontecer no dia de amanhã”, finalizou.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

João Almeida

Quer falar comigo? Entre em contato pelo e-mail: jl1919@hotmail.com.br