Adeus

R$575 bilhões: O triste fim de dois bancos gigantes, com milhões de clientes, comprados pelo Bradesco e Itaú

12/06/2024 às 7h29

Por: Gabriel Amaral
Imagem PreCarregada
Itaú e Bradesco compraram 2 bancos e formaram grandes fusões (Reprodução: Montagem TV Foco)

Bradesco e Itaú efetuaram a compra de dois bancos gigantes, realizando fusões que surpreenderam o mercado

Dois bancos gigantes no Brasil acabaram vendidos ao Itaú e Bradesco, marcando o seu fim, mas o crescimento dos concorrentes. Cada instituição financeira conta com milhões de clientes, portanto todas as mudanças trazem preocupações em todas as partes do país.

Os bancos estão em constantes movimentações no mercado, para oferecer mais atrativos e chamar a atenção para ter novos clientes. Portanto, realizam investimentos que esperam ter um excelente retorno e um futuro próximo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Unibanco

João Moreira Salles, um grande empresário, criou em Poços de Caldas, Minas Gerais, um banco que levava seu nome. Pouco menos de 10 anos depois, seu filho Walther assumiu a liderança, com apenas 21 anos de idade.

Assim surgia o Banco Moreira Salles, porém essa nomeação não durou muito tempo, já que em 1967 se uniu com o Banco Agrícola Mercantil. Portanto, a instituição financeira passou-se a chamar Unibanco, conhecido até os dias de hoje.

Continua após o Veja Também

Veja também

Unibanco não tem mais agência únicas (Reprodução: Unibanco/Divulgação)
Unibanco não tem mais agência únicas (Reprodução: Unibanco/Divulgação)

A sede saiu de Minas Gerais e foi para o Rio de Janeiro e muito rapidamente já tinha mais de 330 agências, espalhadas em 10 estados brasileiros. Em 1983 se mudou para São Paulo e foi um dos pioneiros em diversas situações, como o e-Card.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Porém, anos depois, mudou novamente de nome, agora para União de Bancos Brasileiros, também conhecida como Unibanco. Até que em 2008, passou pela grande reformulação de sua história.

De acordo com o portal ‘G1’, no dia 3 de novembro de 2008 o Unibanco e o Itaú anunciaram uma das maiores fusões da história do Brasil. Assim surgiu o que até hoje conhecemos como Itaú Unibanco, se tornando um dos 20 maiores conglomerados do mundo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na época, essa união significava R$575 bilhões em ativos e um patrimônio da nova empresa girando em torno de R$5 bilhões. Porém, a união também resultou na demissão dos chefões da época do Unibanco.

A fusão é uma das principais do país (Reprodução: Internet)
A fusão é uma das principais do país (Reprodução: Internet)

HSBC

O HSBC Brasil, subsidiário do banco britânico surgiu em 1997, e em poucos anos contava com mais de 5 milhões de correntistas. Também tinha 1.700 filiais em 550 cidades espalhadas pelo país, além de 168 bilhões de reais em ativos.

Mesmo com todo o seu sucesso, em 2015 foi informado que o Bradesco ia adquirir a instituição, por uma quantia absurda de R$17,6 bilhões na época, já que a venda foi por 5,2 bilhões de dólares.

No dia 1° de julho de 2016, o banco confirmou a compra, como divulgado no portal ‘G1’, que ainda informou que os clientes do HSBC Brasil poderiam ficar tranquilos em relação as suas contas ativas.

HSBC comprado pelo Bradesco (Reprodução: Internet)
HSBC comprado pelo Bradesco (Reprodução: Internet)

“Os clientes do HSBC Brasil continuarão a ser atendidos em suas agências de maneira habitual e passarão a contar com produtos, serviços e comodidades oferecidos pelo Bradesco, a partir da data da integração tecnológica do HSBC Brasil no Bradesco”, disseram em nota.

Com a compra, o Bradesco teve um aumento total de seus ativos em quase 16%, o que representava na época 175 bilhões de reais.

Quando o Itaú foi fundado?

Apesar da fusão com o Unibanco ter sido apenas em 2008, o Itaú já tinha uma enorme consolidação no mercado. Isso porque surgiu no dia 2 de janeiro de 1945, em São Paulo.

🚨 Carlos Alberto expõe afastamento de Silvio Santos + Davi vive novo inferno + Desfecho de Tralli na Globo    

Banco Itaú
Bradesco
HSBC
Unibanco
Gabriel Amaral

Autor(a):

Eu sou Gabriel Amaral, jornalista, formado na Universidade Anhembi Morumbi em 2021. Apaixonado por qualquer tipo de esporte, torcedor do São Paulo e adoro me perder assistindo filmes e séries dos mais variados gêneros e fã da música sertaneja. Faço matérias variadas sobre as celebridades e suas mansões. [email protected]. Minhas redes sociais são:

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.