TV Paga

TV Paga

Concorrentes voltam a se unir para enfrentar o Esporte Interativo pelos direitos da Liga dos Campeões

Taça da Liga dos Campeões. (Foto: Divulgação)
Taça da Liga dos Campeões. (Foto: Divulgação)
Taça da Liga dos Campeões. (Foto: Divulgação)
Taça da Liga dos Campeões. (Foto: Divulgação)

O Esporte Interativo espantou a todos ao conseguir superar a concorrência e conquistar os direitos de transmissão da Liga dos Campeões com exclusividade para a TV paga em 2014. Bancado pelo grupo Turner, o canal desembolsou cerca de US$ 130 milhões para exibir os jogos do maior torneio de clubes do planeta.

Agora, com a aproximação da nova “temporada de ofertas” para os direitos do torneio, os concorrentes SporTV e ESPN decidiram se unir mais uma vez para fazer uma proposta conjunta e enfrentar o Esporte Interativo desse duelo. A parceria vinha sendo discutida desde fevereiro, e só foi fechada nos últimos dias. Havia um impasse no que diz respeito aos valores divididos para uma oferta segura, mas que não fique inflacionada para ambos os lados.

+ SBT surpreende e exibe última temporada de Sobrenatural ainda em exibição nos Estados Unidos

Segundo informações do site UOL Esporte, a expectativa da agência Team, responsável pela venda dos direitos da Champions no Brasil, é de que este ano haja uma quebra de recorde nos valores das ofertas.

A ESPN quer retomar os direitos de transmissão do torneio que lhe consagrou na TV paga brasileira, enquanto que o SporTV procura atender o desejo do grupo Globosat e “dominar” a TV com a exibição dos jogos da Champions, uma vez que a Globo, que pertence ao mesmo grupo, já possui os direitos de transmissão na TV aberta. O Esporte Interativo, por sua vez, chegará com tudo para tentar conseguir a renovação e continuar com o torneio que hoje é o seu carro-chefe. O vencedor ou vencedores dessa disputa será revelado no próximo mês.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários