Celebridades

Conhecida no mundo dos famosos, modelo é encontrada morta dentro de banheiro

Fatimih Davila Sosa (Foto: Reprodução)
Fatimih Davila Sosa (Foto: Reprodução)

Fatimih Davila Sosa, ex-miss Uruguai, foi encontrada morta na manhã da última quinta-feira, 02 de abril, em um quarto de hotel na Cidade do México. De acordo com a mídia mexicana, a polícia respondeu uma ligação de emergência no início da manhã e encontrou uma mulher enforcada no banheiro.

+Sem papas na língua, Maiara revela segredo broxante de Fernando e deixa fãs surpresos: “Não é ´possível”

A polícia suspeita que a vítima foi assassinada. O corpo da modelo uruguaiana foi encontrado no banheiro de um dos quartos do hotel, de acordo com a polícia.  Segundo as autoridades, Fatimih chegou à capital em 23 de abril para uma entrevista de emprego e um conhecido a teria ajudado a permanecer neste hotel.

+Fernanda Gentil faz declaração enigmática para irmão mais novo e emociona ao revelar intimidade

As investigações realizadas até agora, foi estabelecido que a mulher de origem uruguaia, chegou na Cidade do México em 23 de abril, e um conhecido ajudou a instalar-se naquele hotel, uma vez que têm uma entrevista de trabalho“, disse a polícia em um comunicado.

+Após 35 anos, jornalista é demitida da Globo sem explicação e se desespera

De acordo com o El Universal , também estão investigando a possibilidade da ex-miss ter sito vítima de uma rede de prostituição que promete que mulheres estrangeiras trabalhem como modelo no México, mas que se tornam vítimas do tráfico. A agência disse que muitas mulheres foram sequestradas e forçadas à prostituição ou assassinadas.

Fatimih Davila Sosa (Foto: Reprodução)
Fatimih Davila Sosa (Foto: Reprodução)

Segundo a ONU Mulheres, o México foi atingido por uma onda de violência ligada ao narcotráfico, e os assassinatos de mulheres aumentaram com um índice de 7,5 por dia.

POLÍCIA BRASILEIRA ABRE INVESTIGAÇÃO SOBRE A MORTE DE OUTRA MODELO

A Marinha e Polícia Civil abriram inquéritos para investigar as circunstâncias da morte da modelo Caroline Bittencourt no litoral norte de São Paulo. Ela desapareceu após cair no mar no domingo (28) em Ilhabela e o corpo foi encontrado pelas equipes de resgate na tarde desta segunda-feira (29) na cidade vizinha, São Sebastião. O corpo da modelo Caroline Bittencourt será velado na manhã desta terça-feira (30) em Embu das Artes, em São Paulo.

A família confirmou que identificou o corpo como sendo o dela no fim da tarde. O marido da modelo, Jorge Sestini, foi encontrado e salvo em estado de choque por um marinheiro na noite de domingo.

Marina Ruy Barbosa pega todos de surpresa e anuncia momento dramático em carreira: “É a primeira vez”

Os dois órgãos informaram que o próximo passo é ouvir as testemunhas envolvidas, como o marido da vítima e o marinheiro que fez o resgate dele.

Segundo a Capitania dos Portos, a lancha deve passar por perícia nesta terça-feira (30). Uma equipe técnica vai até a marina, onde a embarcação está atracada, em São Sebastião, para realizar a vistoria.

O órgão da Marinha informou que não havia irregularidade administrativa na embarcação e a principal linha de investigação é que o acidente tenha sido causado pelo mau tempo. Ventos de mais de 100 km/h atingiram a região onde o casal navegava.

+Em foto completamente nua, Carolina Ferraz impressiona com corpão em forma

Já a Polícia Civil informou que o inquérito foi aberto no 1º Distrito Policial de São Sebastião e que a princípio irá investigar diferentes hipóteses do que pode ter acontecido.

O corpo da modelo passou por exames no IML de Caraguatatuba na noite desta segunda e os laudos devem ajudar na investigação. O resultado deve ficar pronto em cerca de 30 dias. Do Instituto Médico Legal, ele foi levado para São Paulo, onde será velado em cerimônia reservada a familiares.

Segundo a repórter da Record TV Marcela Varasquim, a família de Caroline pediu privacidade durante o velório. O corpo será cremado.

A filha de Caroline, Isabelle Bittencourt, postou um comunicado no Instagram afirmando que a família decidiu realizar uma cerimônia “íntima e reservada” para o velório da mãe.

Caroline, de 37 anos, morreu depois de um acidente com o barco que estava em Ilhabela, no litoral de São Paulo, que aconteceu no domingo (28) — uma rajada de ventos provocou o acidente. Segundo o corpo de Bombeiros, o marido da modelo, o empresário Jorge Sestini, conseguiu nadar até a praia, mas ela não resistiu.

A notícia da morte da modelo comoveu diversas celebridades.

Nas redes sociais, muitas celebridades lamentaram a morte da modelo. “É difícil de acreditar. Hoje, estamos aqui, amanhã já não estamos mais. A vida realmente é um sopro e o ano de 2019 tem sido duro e dolorido pra muita gente”, escreveu Bella Falconi em seu Instagram. “Peço a Deus para dar força e confortar o coração dos entes queridos. Muito triste com essa notícia”, lamentou Celso Portiolli.

Adriane Galisteu foi outra celebridade que homenageou Carol. “Que tristeza meu Deus! Carol linda, mãe maravilhosa! Tá difícil demais de acreditar! Descanse em paz”, comentou a atriz e apresentadora.

A modelo Ana Paula Siebert fez um post emocionado para amiga. “Carol, que Deus te receba de braços abertos, com esse mesmo sorriso enorme que você sempre carregou. Agora, o céu tem mais um anjo. Uma das mulheres mais lindas que eu conheci, linda de corpo e de alma, coração puro e sincero. Alegre, feliz, do bem. Esse é tipo de tragédia que não tem explicação, nem palavra que conforte. O tipo de coisa que nunca deveria acontecer, com alguém como você. Vai em paz. Só desejo muito conforto para toda sua família.”

A filha de Carol, Isabelle Bittencourt, 17, agradeceu o carinho do público.

Caroline Bittencourt e a filha (Foto: Reprodução)
Caroline Bittencourt e a filha (Foto: Reprodução)

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.