Colunas Foco na TV

Continuação de Verdades Secretas dá chance para Walcyr Carrasco responder críticos e consertar furos da novela

Camila Queiroz e Rodrigo Lombardi protagonizaram Verdades Secretas, escrita por Walcyr Carrasco. (Foto: Divulgação)
Camila Queiroz e Rodrigo Lombardi protagonizaram Verdades Secretas, escrita por Walcyr Carrasco. (Foto: Divulgação)

Walcyr Carrasco se tornou uma espécie de “galinha dos ovos de ouro” da Globo. Depois de assinar novelas que foram sucesso em diferentes faixas de horários na emissora, o autor demonstra ser versátil, vai se consolidando como o principal novelista da Globo na atualidade, e já se encaminha para entrar no hall dos maiores da história do canal.

A crítica especializada, no entanto, não vem concordando muito com a ideia de que o sucesso do autor está associado à qualidade irretocável de parte dos seus trabalhos, principalmente os mais recentes. Mas também é fato que com o amadurecimento e renovação de conteúdo das produções para TV, além do surgimento das temidas redes sociais, o nível de exigência por qualidade cresceu consideravelmente em relação a outros tempos.

Responsável por sucessos como O Cravo e a Rosa (2000), Chocolate com Pimenta (2003), Alma Gêmea (2005) e Amor à Vida (2013), Walcyr surpreendeu recentemente com O Outro Lado do Paraíso. A trama, que a princípio não despertou tanta expectativa, terminou como a maior audiência da faixa das 21h desde o fenômeno Avenida Brasil (2012). A crítica e parte do público, no entanto, questionou bastante esse êxito, apontando furos, situações inverossímeis e uma trama que não estaria à altura do destaque alcançado, mesmo com o autor fazendo questão de afirmar que a novela se propunha a resgatar um estilo clássico de folhetim.

E nesta terça-feira (14), Walcyr surpreendeu ao revelar que Verdades Secretas (2015), um de seus sucessos recentes, ganhará uma continuação. A trama estrelada por Camila Queiroz e Rodrigo Lombardi foi destaque na faixa das 23h da emissora, é sucesso em diversos países, e chegou a ganhar um Emmy Internacional de melhor telenovela em 2016.

Verdades Secretas pode ser considerada a obra mais madura de Walcyr até aqui, muito pela liberdade que obteve no horário. E com isso, o resgate da trama poderia representar um risco para o autor, que voltaria a tocar em algo já consolidado. Mas a história não é bem por aí.

Se o próximo trabalho de Walcyr for de fato a continuação de Verdades Secretas, a trama viria a calhar e poderia servir como uma espécie de resposta do autor à crítica. Trata-se de um grande desafio, principalmente por ser um tipo de trabalho raro na teledramaturgia da emissora, mas que se bem realizado, poderá “consagrar” o novelista.

Com a retomada da obra, o autor também terá a oportunidade de corrigir furos na trama. Apesar do sucesso e da premiação internacional, Verdades Secretas apresentou problemas.

Walcyr não tem pudor em falar sobre suas inspirações para folhetins. Com O Outro Lado do Paraíso, por exemplo, ele admitiu que O Conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas, serviu como grande referência para a trama. No caso de Verdades Secretas, o autor não chegou a comentar publicamente sobre alguma inspiração, mas é possível notar semelhanças da novela com a história do polêmico livro Lolita, clássico de Vladimir Nabokov, que acompanha a trama de um homem que vive um romance proibido com uma menina menor de idade, e começa um namoro com a mãe dela apenas para estar mais próximo da garota. Quando a mãe finalmente descobre o caso dele com a filha, fica abalada e acaba se suicidando. Coincidência?

Finais de novelas raramente são aprovados de forma unânime e não passam ilesos no quesito furos. E o último capítulo de Verdades Secretas sofreu com isso. Por exemplo, o clímax final em que Angel (Camila Queiroz) atira diversas vezes contra Alexandre (Rodrigo Lombardi) em um momento a sós dos dois em uma lancha; joga o corpo do vilão ao mar e conta à polícia que ele simplesmente bateu com a cabeça e caiu na água, saindo ilesa da história. Simples assim, sem grandes investigações das autoridades, e com as balas “desaparecendo” do corpo da vítima. Ou será que foi apenas uma estratégia consciente do autor para um futuro plot twist?

Outra situação diz respeito à transformação de Arlete em Angel. No início da história, a personagem, uma jovem tímida do interior, chega à cidade grande em busca do sonho de se tornar modelo. Em poucos capítulos, sem nenhuma sutileza e cuidado na transição, ela já havia se tornado uma jovem com atitudes maduras, e que parecia já estar ambientada àquele universo há um bom tempo.

Situações pouco sutis e inverossímeis como essas são recorrentes no universo dos folhetins clássicos, o que poderia oferecer um certo “desconto” ao autor, que faz parte desse nicho com sua “licença poética”, mas por se tratar de uma produção que primava pelo realismo e em um horário que propõe justamente isso, falhas como essas têm um peso negativo muito maior.

No fim das contas, Verdades Secretas acabou se sobressaindo, tornou-se um sucesso e até referência, mas seu retorno também será uma boa oportunidade para que o autor, mais experiente com esse trabalho, possa fazer as correções necessárias na obra e provar a sua capacidade de forma definitiva.

As opiniões aqui retratadas não refletem necessariamente a posição do TV FOCO e são de total responsabilidade de seu idealizador.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

PUBLICIDADE

Comentários recentes

CONHEÇA