TV Foco

Conversa de Boninho com a Record lembra a de Boni com o SBT

Flávio Ricco
Colaboração de José Carlos Nery

Através de um dos seus diretores, fala-se em Thomaz Naves –responsável pelo Comercial e Marketing do Rio-, a Record sondou recentemente a possibilidade de ter o Boninho à frente do seu Artístico. Admite-se, inclusive, que existiram dois encontros.

Mas a conversa não progrediu.

Todos que até bem poucos dias atrás se mostravam mais animados com esta aposta, hoje já não demonstram a mesma empolgação.

As chances de ainda acontecer alguma coisa são remotas pelos fortes impedimentos de parte a parte.

Dificilmente a Globo deixaria escapar o seu profissional. E existem fortes suspeitas que também não há da parte dele nenhuma vontade de sair.

Mas guardadas as devidas proporções, são muitas as semelhanças entre a Record e o SBT.

Anos atrás, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o pai, chegou a assinar um pré-contrato com Silvio Santos, rasgado a pedido do dono da emissora, seis ou sete horas depois, no começo de uma madrugada. Por telefone, justificou que não conseguiria ver outra pessoa, que não fosse ele, mandando e desmandando na sua televisão.

O mesmo se aplica a Record nos dias atuais. É impossível imaginar o seu número 1, Honorilton Gonçalves, concordando em dar plenos poderes a alguém –ainda que um profissional da qualidade e talento do Boninho– para dirigir sua programação.

SBT e Record, no fundo, são duas priminhas, diferentes em apenas alguns poucos e pequenos detalhes.

Mudança comercial

Antonio Rosa Neto, o Toninho Rosa, confirmou na noite de quarta-feira a sua saída do Comercial da Rede TV!. Missão cumprida. Apenas ontem a emissora soltou um comunicado.

Ficou quatro anos no cargo.

A decisão de sair, para cuidar da sua própria agência, a Dainet, foi tomada há algum tempo.

Aliás, na mesma quarta-feira, por telefone, ele teve uma conversa de despedida com o vice Marcelo Carvalho, em viagem aos Estados Unidos.

Divulgação

A apresentadora Lola Melnick

Geladeira

Só depois da Copa do Mundo, a Bandeirantes pretende se entender com a apresentadora Lola Melnick.

Por enquanto, ela se encontra na mesma situação de Adriane Galisteu, Daniella Cicarelli, Lorena Calabria e Sidney Magal. Ou seja, encostada. Sem nenhuma função.

Em andamento

O SBT selecionou as modelos que irão aparecer no “Topa ou Não Topa”, próximo trabalho de Roberto Justus na emissora.

No caso, as moças que seguram as maletas.

Entrevistas com candidatos ao prêmio do programa também já começaram.

Outra no lugar

A Dimension Customs não é mais a responsável pela reforma dos carros no “Lata Velha”, do “Caldeirão do Huck”.

Internamente, fala-se em um problema envolvendo os irmãos, Juliano e Daniel Silva, sócios da empresa que atuava há cerca de dois anos no quadro.

Uma nova oficina já trabalha em seu lugar.

Agora sim

As negociações entre Globo e SICTV para a coprodução de telenovelas em Portugal duraram quatro anos para serem finalizadas.

Tudo ajustado em seus mínimos detalhes. As partes não revelam os motivos de tanta demora.

Mainardi na Pan

A Jovem Pan está prometendo algumas surpresas na sua transmissão da Copa do Mundo.

A principal delas, que será anunciada a qualquer momento, é a presença do jornalista Diogo Mainardi, colunista de “Veja”, entre os seus comentaristas.

Há, por enquanto, um suspense em torno.

Reprodução

SBT vai reprisar “A História de Ana Raio e Zé Trovão”

Luz amarela

Está em péssimo estado o material da novela “Ana Raio e Zé Trovão”, que o SBT corajosamente anuncia para o próximo dia 7.

Não tem qualidade nenhuma.

Verifica-se que já existe, dentro da própria emissora e em alguns dos seus setores mais importantes, enorme preocupação com a reação do público.

Diferentes

Pessoal da imprensa esportiva que cobre o São Paulo não gosta quando o treinador Ricardo Gomes é selecionado para entrevistas. Existem queixas que ele fala, fala e não diz nada.

Sentem saudades do Muricy.

Divulgação

O bispo R.R. Soares

Empurrão de ombro

A Rede TV! continua recebendo as mais diversas igrejas evangélicas em diferentes horários da sua programação.

E com uma intensidade muito maior, próxima do absurdo nos finais de semana.

Apenas duas, Universal, do Edir Macedo, e Mundial do Poder de Deus, do Valdemiro Santiago, não estão mais. Foram convidadas a se retirar.

Por conta, dizem, do novo acerto com o RR Soares.

Agora sim

Apresentado por Marcos Hummel nas noites de segunda-feira, o “Repórter Record” tem ocupado o segundo lugar de audiência há algum tempo.

Sinal de que foi acertada a decisão de evitar trocas frequentes de dia e horário do programa, atualmente exibido às 23h30.

C’est fini

As possíveis mudanças que o SBT vai fazer em sua programação, coladas na edição de ontem, foram classificadas pelo diretor Leon Abravanel em seu Twitter como “99% bobagen”.

É com “m”, Leon, não “n”, bo-ba-gem. Qualquer dúvida, por favor, liga.
Lamentável a transmissão de São Paulo e Palmeiras pelo PFC na quarta-feira.

Só aos 20 minutos do primeiro tempo conseguiram perceber que havia alguma coisa errada e foram desembaçar ou limpar a lente da câmera que acompanhava a bola.

Além de outras falhas técnicas. Muito ruim.
Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco