Celebridades

Celebridades

Com coronavírus, Luisa Mell conta drama ao vivo na TV, expõe seu desespero e anuncia: “‘a destruição do pulmão é assustadora”

Luisa Mell (Foto: Reprodução)
Luisa Mell (Foto: Reprodução)

Luisa Mell deu entrevista para a Globo News

Como já informado, a ativista Luisa Mell recebeu a confirmação de que está com o novo Coronavírus. A notícia pegou todo mundo de surpresa chegou a aparecer aos prantos nas redes sociais para pedir ajuda aos seus amigos famosos.

Já em conversa César Tralli no Jornal GloboNews – Edição das 18h, Luisa Mell voltou a comover os fãs com um relato cru de sua luta contra o coronavírus. “Senti muita dor nas costas, no peito, falta de ar. Eu nunca tive nenhuma falta de ar, uma coisa assustadora”, declarou ela que está se recuperando bem dos sintomas. Na sequência, Luisa entregou a situação do marido, Gilberto Zaborowsky. O companheiro da famosa está muito debilitado.

“Meu marido é mais grave, ficou duas semanas com febre. Ele fez uma tomografia e estava ok, depois fez outra e estava tomado. A destruição do pulmão é assustadora. Todo dia você fica esperando melhorar. É desesperador você não poder nem visitar. Hoje deu uma melhoradinha, mas é uma luta. Não é uma gripezinha”, declarou Luisa Mell.

Veja também

Luisa Mell (Foto: Reprodução)
Luisa Mell (Foto: Reprodução)

Por fim, a famosa ressaltou que está melhor, mas que a demora no diagnóstico foi exaustiva. “Eu tô me sentindo melhor, mas ainda me sinto um pouco cansada”, afirmou. “O teste demorou oito dias pra ficar pronto. A febre não baixava, ficamos muito preocupados, ficamos dez dias sem conseguir comer, muita dor de barriga. Eu não sabia que era um sintoma. A gente só foi diagnosticado quase dez dias depois”, finalizou Luisa Mell.

Veja agora: Apresentador galã de TV dá basta e resolve se assumir gay de vez: veja fotos   

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários