TV Foco

Dança, gatinho: Rodrigo Faro ganha força na Record

Olá, internautas

Em 2008, Rodrigo Faro teve a difícil missão de substituir Marcio Garcia no comando do programa “O Melhor do Brasil”. O carioca passava por um bom momento à frente da atração dos sábados. Marcio resolveu voltar aos domínios da TV Globo com a promessa de protagonizar uma novela das oito e também apresentar um programa aos finais de semana. O ator-apresentador sujou sua imagem em “Caminho das Índias” e perdeu toda a força conquistada na Record. Seu programa, até agora, não se concretizou.

Já Faro no estilo “bom moço” enfrentou dificuldades para suplantar Marcio. Mesmo assim, a audiência se manteve fiel. A troca de apresentadores não provocou um grande abalo no IBOPE. Sofreu, em algumas oportunidades, uma leve queda.

De repente, a diretora Leonor Correa saiu da direção do programa da Record. Ela resolveu ir de mala e cuia para o SBT dirigir “Eliana” quando ocorria o troca-troca de apresentadores que marcou 2009 na TV brasileira.

A partir desse momento, Faro conseguiu se firmar, de vez, no comando de “O Melhor do Brasil”. O chumbo trocado entre Record e SBT o beneficiou. A imagem adocicada, que marcou o apresentador até meados de 2009, cedeu espaço para um jeito mais irreverente.

“Vai dar namoro”, quadro manjadíssimo de procura de namorados e ficantes, caracterizou essa nova etapa. Faro passou a ser mais livre. Enquanto rapazes e moças se beijam no palco, o apresentador “incorpora” as celebridades musicais e solta a franga. As famosas “dancinhas” hoje são a principal marca de “O Melhor do Brasil”. “Dança, gatinho!”. Uma “bobajada” que alavancou a audiência da Record. Não é raro atingir, nesse momento, 15, 16, 17 e até 19 pontos de pico.

Faro atualmente é um dos nomes mais fortes da atual programação da Record.

Por: Fabio Maksymczuk

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Deivison Lima

Escreve sobre Televisão desde 2008