Celebridades

Daniela Mercury ironiza ministra de Jair Bolsonaro e a esnoba publicamente

Ministra Damares e Daniela Mercury (Foto: Reprodução)
Ministra Damares e Daniela Mercury (Foto: Reprodução)

Daniela Mercury decidiu ironizar ninguém menos que a ministra do governo de Jair Bolsonaro, Damares Alves, e mandou a sua indireta básica nesta segunda-feira (18), poucos dias antes do Carnaval.

Thaila Ayala descobre que atriz deu em cima do seu noivo e a expõe: “Não tenho sangue de barata”

Combatendo o conservadorismo, a cantora publicou uma foto da sua folia anual e escreveu a seguinte legenda: “Só falta pouco mais de uma semana para o Carnaval! Vai de Rosa ou vai de Azul?”.

Bolsonaro é defendido pelos dois (Foto: Reprodução)
Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)

O motivo da piada foi o fato da ministra de Jair Bolsonaro ter declarado, logo no início do mandato do presidente, que meninas passariam a usar roupas de cor rosa e meninos usariam apenas azul dali para frente.

Mileide exige R$ 900 mil de Wesley Safadão e cantor faz triste desabafo: “Cansado”

A declaração, é claro, virou piada até hoje, e Daniela ainda aproveitou o alcance da publicação, bem recebida pelos fãs, para divulgar a sua nova música com Caetano Veloso, intitulada Proibido o Carnaval.

https://www.instagram.com/p/BuBpzb8HDme/

Vale lembrar que a letra da música também conta com várias indiretas para Jair Bolsonaro e sua parceira.

Daniela Mercury e ministra de Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)
Daniela Mercury e ministra de Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)

Proibido o Carnaval trata-se de uma reação à onda conservadora que domina o país há alguns anos e que se tornou ainda mais forte no final do ano passado, com a vitória de Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais.

Daniela Mercury e Caetano Veloso (Foto: Celia Santos Divulgação)
Daniela Mercury e Caetano Veloso (Foto: Celia Santos Divulgação)

Sempre fazendo forte oposição a Jair Bolsonaro, tanto Daniela quanto Caetano quiseram atingir pessoas que pensam como Damares, e na letra, está escrito: “Abra a porta desse armário/ Que não tem censura pra me segurar/ Abra a porta desse armário/ Que alegria cura/ Venha me beijar/Tá proibido o Carnaval/ Nesse país tropical”.

Whindersson Nunes é flagrado com outra e Luisa Sonza desabafa

Para a Folha de S. Paulo, Caetano Veloso afirma: “Daniela Mercury é uma figura que foi sempre reinventora do fenômeno que é o Carnaval de rua da Bahia. Ela segue em frente, criando coisas. Eu gosto muito de ‘Rainha Má’, mas essa nova é uma canção que tem uma vitalidade propriamente carnavalesca”.

Bolsonaro se deu mal (Foto: Reprodução/SBT)
Bolsonaro se deu mal (Foto: Reprodução/SBT)

“Ela tem a alma da marchinha de Carnaval, com o poder satírico, mas, ao mesmo tempo, livre da própria sátira que faz. É Carnaval, mesmo. Evidentemente, é uma reação, uma resposta à tendência censora dos poderes brasileiros hoje. Isso é interessante”, continua o rival de Jair Bolsonaro.

“Na história das marchas de Carnaval, o comentário político ou social sempre houve. Nesse caso é muito autenticamente feito do jeito carnavalesco de tratar essas coisas. Achei que é uma grande música de Carnaval, que reafirma a posição histórica de Daniela”, completa o parceiro de Daniela Mercury sobre a atual situação com Bolsonaro.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Lucas Medeiros

Twitter: @luccasmeddeiros
Contato: lucasmedeirospaiva@gmail.com