Novelas

NovelasVale a Pena Ver de Novo

Decepcionada, atriz da Globo ameaçou deixar o elenco de A Favorita: “Figuração”; saiba qual

Atriz da Globo pediu para sair de 'A Favorita' (Foto: Reprodução / Globo)
Atriz da Globo pediu para sair de ‘A Favorita’ (Foto: Reprodução / Globo)

Atriz pediu para sair de “A Favorita”.

A novela “A Favorita”, exibida no horário nobre da Globo em 2008 e de volta ao ar no “Vale a Pena Ver de Novo”, focou na rivalidade exacerbada entre Donatela (Cláudia Raia) e Flora (Patrícia Pillar).

Sendo um dos núcleos principais mais intensos da teledramaturgia, a novela de João Emanuel Carneiro acabou deixando parte do elenco apenas como “Figuração de luxo”. Vários personagens perderam a função e não conseguiram se destacar diante de uma trama principal tão potente.

SAIBA MAIS! O Cravo e a Rosa: Ainda na festa de casamento, Marcela faz nova vítima e mostra suas garras: ‘Ridícula’

E uma das personagens que ficavam até vários capítulos de “A Favorita”, sem aparecer foi a veterana Ângela Vieira, intérprete de Arlete. No folhetim, ela viveu uma mulher correta, que trabalhava como secretária para Gonçalo (Mauro Mendonça).

No passado, Arlete teve um relacionamento com o corrupto Romildo Rosa (Milton Gonçalves), mas se separou ao descobrir as armações do parceiro. Desse envolvimento nasceu, Damião (Malvino Salvador), que foi criado somente pela mãe e cresceu achando que o pai havia morrido.

Veja também

Durante “A Favorita”, a função de Arlete era só anunciar as visitas do patrão e fugir de Romildo, que fazia questão de reconquistá-la, mas como era um mau-caráter, ele não assumia o filho que tiveram juntos.

ATRIZ PEDIU PARA SAIR

Porém, a personagem praticamente sem função incomodou Ângela Vieira. De acordo com uma nota da Folha de S. Paulo, de 29 de setembro de 2008, a atriz de “A Favorita”, pediu para deixar a trama, pois estava descontente com seu papel na produção global.

Na época, as assessorias da atriz e da Globo fizeram questão de negar os rumores, mas João Emanuel Carneiro passou a dar mais destaque para o núcleo que estava ‘apagado’, inclusive sobre o acidente sofrido por Damião, que ficou paraplégico após uma discussão com Elias (Leonardo Medeiros), e para o envolvimento dela com o político corrupto.

No final de “A Favorita”, o corrupto vivido por Milton Gonçalves confessou seus crimes e se entregou para a polícia, sendo assim, ele foi perdoado por Arlete e ganhou uma segunda chance com o filho. Porém, no último capítulo da trama, o casal foi ignorado novamente e passou batido.

Após o desfecho da personagem, Ângela Vieira deu uma entrevista ao Jornal O Globo e definiu “A Favorita” como “um rio que passou em sua vida”. A veterana ainda escancarou a sua insatisfação com a novela ao fazer uma comparação. “Quando você está numa brincadeira, quer brincar. Eu brinquei pouco”, reclamou a intérprete de Arlete. Que situação!

Ângela Vieira viveu a honesta secretária Arlete em A Favorita (Foto: Reprodução: Renato Rocha Miranda / Globo)
Ângela Vieira viveu a honesta secretária Arlete em A Favorita (Foto: Reprodução: Renato Rocha Miranda / Globo)

VÍDEO YOUTUBE: Faustão é cortado na Band e produção tem demissão em massa

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários