Alerta

R$480 bilhões: A decisão de Barroso, após furar Alexandre de Moraes e atingir em cheio idosos 60+ do INSS

10/07/2024 às 8h59

Por: Gabriel Amaral
Imagem PreCarregada
Decisão de Barroso atinge em cheio os aposentados do INSS (Reprodução: Montagem TV Foco)

Roberto Barroso passou por cima de Alexandre de Moraes e decisão atinge em cheio os aposentados do INSS. Medida custa aos cofres públicos cerca de 480 bilhões de reais

O ministro Roberto Barroso e também presidente do Supremo Tribunal Federal tomou uma decisão surpreendente sobre o INSS. Ele furou até mesmo o também ministro Alexandre de Moraes e isso impacta na vida de milhares de aposentados.

O Instituto Nacional do Seguro Social, um dos principais programas do governo, voltado aos aposentados e aqueles que trabalham de carteira assinada, sempre emite um comunicado anunciando as suas novidades.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Alexandre de Moraes é o relator do processo da revisão da vida toda do INSS, que estava com um julgamento marcado para esta quarta-feira (03). Assim, o valor estimado de rombo nos cofres é de R$480 bilhões de reais.

Esse valor é o que está previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias e milhares de aposentados 60+ estão ansiosos com a sua validação de maneira definitiva. Vale lembrar que atualmente esse processo está sendo discutido pelo STF.

Continua após o Veja Também

Veja também

Porém, mesmo com o julgamento da revisão da vida toda marcado para o dia 03 de abril, de acordo com o portal ‘Poder 360’, o presidente do STF, Roberto Barroso, furou até mesmo Alexandre de Moraes, que não teve nem a chance de votar nesse novo recurso. Com essa decisão, o ministro tirou da pauta desta semana e ainda não indicou para quando será remarcado. Portanto os aposentados 60+ do INSS, que vislumbram essa conquista, terão que esperar mais alguns meses até a sua validação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma mudança já estabelecida, mesmo que se validada, é que os aposentados não podem mais solicitar a regra mais favorável para o cálculo da aposentadoria.

Entenda a Revisão da Vida Toda

O INSS surgiu no início da década de 1990 e em 1994 o governo de Itamar Franco implementou o Plano Real, em que trocou a moeda do Brasil, passando a ser o real. Em seguida, no final do século, em 1999 houve uma Reforma da Previdência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nela, estabeleceu que as contribuições feitas antes do Plano Real não contariam para a aposentadoria do INSS. Porém, nos últimos tempos isso voltou a discussão e em caso de aprovação, essas pessoas receberiam um valor maior do que o atual.

Isso porque somariam as contribuições feitas antes de 1994 e os aposentados teriam um ganho no valor mensal do programa. Tanto que o governo anunciou que cerca de R$3,6 bilhões seriam destinados apenas ao pagamento da revisão.

Onde encontro o Meu INSS?

O Meu INSS é o aplicativo oficial do programa, onde estão dispostas todas as informações do INSS. Na internet, o encontra no site do governo Gov.br. Porém, a maneira mais prática é baixar na Play Store (Android) ou no Apple Store (IOs), colocar seu login e senha e tem o acesso onde estiver

🚨 Tati Machado titular do Encontro + Estrelas intocáveis da Globo + Datena fora da Band: "Não tem dinheiro"    

Alerta INSS
alexandre de moraes
stf
Gabriel Amaral

Autor(a):

Eu sou Gabriel Amaral, jornalista, formado na Universidade Anhembi Morumbi em 2021. Apaixonado por qualquer tipo de esporte, torcedor do São Paulo e adoro me perder assistindo filmes e séries dos mais variados gêneros e fã da música sertaneja. Faço matérias variadas sobre as celebridades e suas mansões. [email protected]. Minhas redes sociais são:

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.