TV Paga

Demitido da Globo, William Waack dá volta por cima e será o principal âncora de emissora

William Waack  da Globo deve assinar contrato com a CNN Brasil. (Foto: Reprodução)
William Waack deve assinar contrato com a CNN Brasil. (Foto: Reprodução)

Cerca de dois anos após sua demissão da Globo, quando fez um comentário considerado racista, William Waack pode dar a volta por cima se tornando o principal âncora de um novo canal de notícias.

O jornalista veterano já foi especulado em várias emissoras desde a sua saída da Globo, mas decidiu abrir um canal no YouTube até receber uma proposta concreta e bastante vantajosa, que parece ter finalmente aparecido.

De acordo com o site da jornalista Cristina Padiglione, William Waack será âncora do principal telejornal diário e no horário nobre da CNN Brasil, nova filial da CNN, maior rede de notícias do mundo, e que deve entrar no ar ainda este ano. A CNN não confirma a contratação do jornalista, mas ele é nome praticamente certo no canal.

+ Ex-empresária de Anitta comemora sucesso e dispara: “Passei por provações e deparei com lado sombrio”

+ Anitta briga com criança em casamento de Carlinhos Maia, se manifesta e deixa público perplexo com atitude

Além de comandar o telejornal que trará as principais notícias do Brasil e do mundo, William Waack poderá aparecer na TV americana, interagindo com apresentadores e repórteres da CNN nos Estados Unidos, uma vez que a rede planeja lançar sua filial no Brasil para também transmitir notícias do país para o restante do mundo.

Vale dizer que William Waack tem mais de dez anos de experiência como correspondente internacional, chegando a fazer cobertura de conflitos e guerras no Oriente Médio. O jornalista ainda possui amplo conhecimento sobre política e economia, e passou 21 anos na Globo, sendo 12 deles como âncora do Jornal da Globo.

DEMISSÃO FEZ BEM?

Desde a sua saída da Globo, William Waack desligou sua imagem da televisão e passou a se dedicar a um canal no YouTube. Durante uma participação no Mariana Godoy Entrevista, da RedeTV!, ele falou sobre a nova fase da vida.

“Do ponto de vista profissional, tenho quase meio século de jornalismo, isso me ajudou tremendamente. Me livrei de um peso, como diz aquele surradíssimo ditado popular, ouvi tanta gente que acabei acreditando: ‘Há males que vem para o bem’”, disse William Waack. E acabou se defendendo das acusações de racista.

+ Corajoso, William Waack defende Bolsonaro e afirma que ele não é “racista, machista e homofóbico”

“Eu sou um piadista tremendo. Sou muito irreverente, muito brincalhão, e faço piada com todo tipo de coisa. Eu acho que ela, talvez, nem tenha sido uma das piores eu já fiz. Antes de uma transmissão ao vivo é normal como apresentador falar todo tipo de barbaridade, é uma piada idiota que nada tem a ver com a minha índole”, explicou.

William Waack prosseguiu: “Muita gente me chamou de racista porque ficaram extremamente ofendidos com algo que não passou de uma piada. Eu não tinha a intenção de ofender ninguém. Não vou ficar sendo politicamente correto. Todo mundo sempre chamou o Pelé de ‘Negão’, era o jeito que a gente o chamava (?) Eu tenho pelo Negão, pelo Pelé, um amor. Pelo que ele é para o Brasil, pelo que ele significou para mim”.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;