Novelas

NovelasPantanal

Destaque de Pantanal emagreceu 10 kg para viver personagem com Aids; descubra quem

Um dos destaques de "Pantanal", remake da Globo precisou emagrecer para interpretar uma personagem com aids (Foto: Reprodução / Globo)
Um dos destaques de “Pantanal”, remake da Globo precisou emagrecer para interpretar uma personagem com aids (Foto: Reprodução / Globo)

Emagrecer e engordar para um personagem faz parte do ofício de um ator ou atriz.

E um dos destaques do remake “Pantanal”, que está no ar no horário nobre da Globo, precisou emagrecer para interpretar uma personagem com aids. Trata-se de Julia Dalavia, que interpreta Guta na trama de Bruno Luperi.

Julia Dalavia foi ‘picada’ pelo bichinho da atuação após visitar sua avó, que era vizinha da escola de teatro Tablado no Rio de Janeiro, e hoje, com apenas 24 anos, já possui uma longa trajetória nas artes cênicas.

SAIBA MAIS! Pantanal: Zaquieu perde status de luxo e vai ao lixo ao ser ‘escravizado’ por peruas falidas

A intérprete de Guta fez sua estreia nos palcos em 2006, quando participou da peça “A Fuga das Galinhas”. Porém, no mesmo ano, fez o seu primeiro longa, “O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili”.

No cinema, a atriz de “Pantanal”, já participou  dos longas, “Até que a Sorte nos Separe” (2012), “Até que a Sorte nos Separe 2” (2013) e “Até que a Sorte nos Separe 3: A Falência Final” (2015), interpretando Stefani, filha do protagonista Tino Araújo, interpretado por Leandro Hassum. Também integrou o elenco de “Minha família Perfeita” (2020) e “O Pastor e o Guerrilheiro” (2021).

Veja também

Na televisão, o primeiro personagem de Julia Dalavia foi no folhetim “Em Família” (2014), como a mocinha Helena, na primeira fase da novela de Manoel Carlos. No mesmo ano, fez parte do elenco da trama das seis “Boogie Oogie”, em que viveu a jovem Alê.

Em 2016, foi um dos destaques de “Velho Chico”, na pele de Maria Tereza, de Benedito Ruy Barbosa, mesmo autor da versão original de “Pantanal”. Os seus próximos trabalhos na televisão foram nas séries “Justiça” (2016) e ” Os Dias Eram Assim,” na qual interpretou Fernanda, uma jovem que descobre ser portadora do vírus da Aids.

PERDEU 10 KG POR CAUSA DE PERSONAGEM

Este foi o personagem mais forte da carreira de Julia Dalavia até então. Para dar veracidade a sua personagem, a atriz de “Pantanal”, chegou a emagrecer cerca de 10 kg, com acompanhamento médico. A famosa frequentou a ABIA (Associação Brasileira Interdisciplinar da Aids) para manter contato com médicos, psicólogos, ativistas e pacientes.

“As pessoas com quem eu conversei me passaram uma sensação de muita força, muita luta e muita tristeza por quem não conseguiu sobreviver. Chorei muito até criar uma resistência melhor pra escutar esses relatos”, disse a atriz em entrevista à Folha de S.Paulo de 22 de agosto de 2017.

“Sempre me protegi, claro, mas confesso que nunca pensei muito em AIDS. Não achava que eu era imune à doença, mas simplesmente não pensava nela. Hoje em dia quem tem Aids vive bem, com qualidade de vida. Mas você vive com uma doença que não tem cura, né? Os remédios têm vários efeitos colaterais, etc.”, completou na época Julia Dalavia.

Julia Dalavia em 'Os Dias Eram Assim', onde sua personagem descobre ser portadora do vírus da Aids (Foto: Reprodução / Globo)
Julia Dalavia em ‘Os Dias Eram Assim’, onde sua personagem descobre ser portadora do vírus da Aids (Foto: Reprodução / Globo)

OUTROS TRABALHOS

A atriz então foi escalada em 2017 para o elenco de “O Outro Lado do Paraíso”, trama de Walcyr Carrasco, na qual deu vida à Adriana, filha da personagem de Glória Pires.

Em 2019, Júlia Dalavia teve a sua primeira oportunidade como protagonista, na novela “Órfãos da Terra”. Na trama de Duca Rachid e Thelma Guedes, ela deu vida à refugiada síria Laila Falek. A novela foi vencedora do Emmy de melhor trama na ocasião.

Atualmente, Julia Dalavia está no ar no remake de “Pantanal”, vivendo Guta, filha de Tenório (Murilo Benício). Na primeira versão da novela, exibida pela extinta TV Manchete em 1990, o papel foi interpretado por Luciene Adami.

“A Guta é uma personagem que nunca deixa de falar, de se posicionar, por mais cansativo que seja, e eu acho isso muito bonito. Ela chega com opiniões muito fortes, os sentimentos à flor da pele, tem uma militância. Eu adoro debater. Muitas vezes prefiro ouvir, mas não deixo de expor quando preciso, gosto de um bom debate. Ela é uma menina com empatia e com uma visão muito clara do que pensa, do que acredita. Eu não sei muito bem se sou assim, mas gosto disso”, afirmou Julia Dalavia em entrevista ao UOL, em 30 de março de 2022.

Indagada sobre o fato de a Guta ser criticada por usar roupas curtas e por ser uma mulher sexualmente livre, a atriz da Globo contou que não sofre com isso na vida pessoal.

“Muito pouco. Diante de todo meu privilégio, do meu lugar de proteção, tenho passado pouco por esse lugar de julgamento que a Guta vive em Pantanal. Ela vem da cidade, onde não tem que se preocupar tanto com isso, e chega a uma realidade onde aquilo (usar roupa e expor o corpo) não é natural, os caras comentam, gera falatório. Ela é uma menina claramente diferente ali, mas responde a isso, se posiciona”, disse a atriz de “Pantanal”.

Guta (Julia Dalavia) em cena na novela 'Pantanal' (Foto: Reprodução / Globo)
Guta (Julia Dalavia) em cena na novela ‘Pantanal’ (Foto: Reprodução / Globo)

SEM TIMIDEZ COM CENAS DE SEXO EM ‘PANTANAL’

Já sobre as cenas de sexo e nudez que tem feito na novela escrita por Bruno Luperi, a atriz da Globo disse que está tranquila.

“Me sinto super confortável. Todo mundo ali estava trabalhando para deixar a gente à vontade. A direção da novela tem muito bom gosto, a gente tem muita confiança na equipe, e ficou muito bonito: fazia parte do contexto, no meio daquele rio, daquela paisagem paradisíaca. Sou tranquila com isso na minha vida. A nudez é uma coisa natural, é meu corpo”, concluiu Julia Dalavia.

VÍDEO YOUTUBE: PANTANAL – Barraco entre Juma e Madeleine explode e o pior acontece

 

VÍDEO YOUTUBE: Notícia URGENTE na RedeTV + Fátima Bernardes bate-boca com a Globo

Quem escreve

Diego Laureano

Paulistano com alma de carioca, sou formado em Jornalismo e completamente apaixonado por comunicação. Escrever sobre televisão e seus bastidores é a minha realização profissional, que faço com clareza, leveza, seriedade, humor e muito amor.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários