ALERTA!

Diarreia e vômito: A proibição da Anvisa contra a carne nº1 do Brasil e a retirada de 2 marcas dos mercados

07/07/2024 às 19h35

Por: Larissa Caixeta
Imagem PreCarregada
(Foto: Reprodução/ Internet)

A autarquia decreta a proibição da carne n° 1 do Brasil devido a risco à saúde com diarreia e vômito, e crava a retirada urgente de duas 2 marcas muito famosas e amadas pelos brasileiros dos mercados

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é a responsável pelo controle de qualidade e segurança de diversos produtos e serviços no Brasil. Dessa vez, por exemplo, falaremos sobre a proibição da carne n° 1 do país devido a riscos à saúde, com contaminação que causa diarreia e vômito. A seguir, confira mais detalhes sobre o assunto e veja as 2 marcas famosas que foram retiradas às pressas dos mercados.

Sem sombra de dúvidas, a indústria alimentícia é uma das que mais cresce no Brasil, com milhares de empresas do ramo espalhados pelos cantos do país. No entanto, esse setor demanda uma série de regras e normas quanto as condições sanitárias envolvendo suas produções, armazenagens, entre outros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vale dizer que, o Brasil é um dos países que mais consome carne no mundo, inclusive, o consumo de carne bovina é surpreendente, sendo em disparada a número 1 no território nacional. São raras as pessoas que não gostam ou não comem o alimento, sendo de fato um dos favoritos dos brasileiros. No entanto, duas marcas precisaram ser retiradas dos mercados às pressas pela Anvisa, por oferecerem riscos a integridade física.

A primeira marca proibida pela Anvisa foi a Carne Congelada de bovino sem osso – Cupim marca Cedro Alimentos, no dia 9 de fevereiro deste ano. Conforme a agência, foi cravado a suspensão de uso, comercialização e distribuição do lote n° 13012024 do produto, fabricado em 13/01/2024, prazo de validade: 12/01/2026. O órgão informou que a motivação se deu devido à detecção de contaminação pela bactéria Escherichia coli, essa que pode causar diversas infecções.

Continua após o Veja Também

Veja também

“Considerando o comunicado de recolhimento voluntário recebido da empresa C M DE OLIVEIRA LTDA (CEDRO ALIMENTOS) – CNPJ: 35.577.404/0001-27, referente à CARNE CONGELADA DE BOVINO SEM OSSO – CUPIM, MARCA CEDRO ALIMENTOS, lote: 13012024, fabricado em 13/01/2024, prazo de validade: 12/01/2026, devido à detecção de Escherichia coli e aeróbios mesófilos acima do permitido na legislação”, cravou a Anvisa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vale destacar que, a marca não realizou um pronunciamento após o comunicado para Anvisa. Mas, fez o recolhimento voluntário do lote, tirando o produto contaminado de circulação, que, inclusive, segue interditado pela autarquia. Lembrando que outros produtos da marca continuam no mercado e com a aprovação da agência.

A proibição da Anvisa contra 3 marcas populares de carne (Reprodução/Montagem/Canva)
A proibição da Anvisa contra 2 marcas populares de carne (Reprodução/Montagem/Canva)

O que causa a Escherichia coli?

De acordo com o portal ‘MSD Manual”, a Escherichia coli é uma bactéria que normalmente residem no intestino de pessoas saudáveis, no entanto, algumas variantes podem causar infecção no trato digestivo, trato urinário, e outras partes do corpo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A infecção do trato urinário é a mais comum causada pela bactéria e as pessoas também podem desenvolver infecções intestinais ao comer alimentos contaminados (como carne moída mal cozida), tocar em animais infectados ou engolir água contaminada.

Além disso, as infecções intestinais podem causar diarreia do viajante, às vezes intensa ou com sangue, e dor abdominal. Pessoas com essa reação têm cólicas abdominais e diarreia aquosa e, às vezes, náuseas e vômitos. Os sintomas costumam ser leves e cedem em três a cinco dias.

Vale dizer também que, em casos graves, a bactéria pode causar meningite e inflamação das membranas que envolvem o cérebro, o que pode ser fatal.

Supremo Carnes foi a outra marca proibida pela Anvisa

No dia 13 de março deste ano, a Anvisa publicou uma medida cautelar contra a Care Moída Congelada de Bovino da marca Supremo Carnes. Na ocasião a autarquia cravou a proibição de uso, distribuição e comercialização do lote 220224, produzido em 22/02/2024, com prazo de validade até 21/02/2025.

A medida se deu após o comunicado de recolhimento voluntário da empresa. Foi registrado que o produto apresentado em embalagem plástica a vácuo com conteúdo líquido de 1kg, apresentou resultados analíticos acima dos limites estabelecidos no padrão microbiológicos, ensaio de mesófilos viáveis e Escherichia coli, a mesma bactéria presente na marca de carne anterior.

“Considerando o comunicado de recolhimento voluntário recebido da empresa INDUSTRIA E COMERCIO DE ALIMENTOS SUPREMO LTDA, referente ao produto CARNE MOÍDA CONGELADA DE BOVINO, marca SUPREMO CARNES, fabricado na unidade de Ibirité – MG (SIF 3845), lote 220224, produção 22/02/2024, prazo de validade 21/02/2025, apresentado em embalagem plástica a vácuo com conteúdo líquido de 1 kg, devido a resultados analíticos acima dos limites estabelecidos no padrão microbiológico do produto (ensaio de mesófilos viáveis e Escherichia coli)”, decretou a Anvisa.

Vale dizer que, até o momento não foram encontradas notas oficiais, tampouco manifestações da empresa citada a respeito do ocorrido, porém, o espaço continua em aberto para que a mesma possa expor suas versões dos fatos. Frisando que a medida cautelar da Anvisa segue ativa.

Como saber se um produto tem registro na Anvisa?

Segundo o portal ‘Gov.br’, para descobrir se um produto está realmente regularizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), basta acessar o ‘Sistema de Consultas’ do órgão. As informações do Portal de Consultas são disponibilizadas diretamente pela Anvisa, o que garante a autenticidade da informação.

🚨 Tati Machado titular do Encontro + Estrelas intocáveis da Globo + Datena fora da Band: "Não tem dinheiro"    

Anvisa
carnes
contaminação
Destaque
Larissa Caixeta

Prazer, eu sou a Larissa Caixeta e se tem uma coisa que eu amo é escrever sobre os bastidores da TV, e tudo o que acontece pelo mundo. Integro a equipe do TV Foco desde 2023 e falo sobre os mais diversos assuntos por aqui, como famosos, carros, futebol, entre outras curiosidades. Estou sempre antenada aos os últimos acontecimentos e atuo com muito entusiasmo no meu trabalho.

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.