Emissoras

EmissorasGlobo

Diretor vira queridinho de autores e Globo muda fila de novelas

Ísis Valverde e Rogério Gomes em gravação de "A Força do Querer" (Foto: Globo / Estevam Avellar)
Ísis Valverde e Rogério Gomes em gravação de “A Força do Querer” (Foto: Globo / Estevam Avellar)
Ísis Valverde e Rogério Gomes em gravação de "A Força do Querer" (Foto: Globo / Estevam Avellar)
Ísis Valverde e Rogério Gomes em gravação de “A Força do Querer”
(Foto: Globo / Estevam Avellar)

Diretor da novela das nove “A Força do Querer”, Rogério Gomes, o Papinha, virou o queridinho dos autores da Globo e causou até mudança na fila das tramas das seis.

Gomes é hoje o diretor artístico mais disputado dentro da Globo. Por conta da grande quantidade de autores que desejam trabalhar com ele, a emissora teve que mudar até seu planejamento de novelas, segundo informações do jornalista Daniel Castro. Papinha atualmente comanda “A Força do Querer”, de Gloria Perez, mas já trabalha na próxima trama de Aguinaldo Silva, prevista para estrear em maio de 2018. Como Gomes não pode ser diretor artístico de duas ou três novelas ao mesmo tempo, a Globo teve que fazer alteração nos títulos do horário das 18h.

A nova novela de Elizabeth Jhin, que estava prevista para o início do próximo ano, foi adiada. O folhetim vai ceder seu lugar na fila das novelas das seis para Marcos Bernstein – que dividiu a autoria de “Além do Horizonte”, em 2014, com Carlos Gregório -, que trará uma história que se passa na virada do século 19 para o 20 e mostra a adaptação de uma família tradicional às modernidades da época.

Diante desses trabalhos, Rogério Gomes já está com a agenda cheia até 2019 e, é admirado pela cúpula da Globo. Entre os diretores artísticos – o equivalente a diretor de núcleo -, somente José Luiz Villamarim, que dirigiu séries prestigiadas como “Amores Roubados” e “Justiça” se iguala a Papinha em prestígio.

Veja também

VÍDEO YOUTUBE: Bomba! Angélica volta pro domingo da Globo + Claudia Rodrigues diz que não é lésbica

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários