Notícias do Mundo

Doria massacra Bolsonaro, condena discurso do Presidente e confirmação é feita: “Negacionista”

Doria massacra discurso de Bolsonaro (Foto: Reprodução)
Doria massacra discurso de Bolsonaro (Foto: Reprodução)

De acordo com João Doria, o discurso de Bolsonaro é uma verdadeira afronta às pessoas que morreram vítimas da Covid-19

João Doria, governador de São Paulo (PSDB), não perdeu a oportunidade fazer duras críticas ao pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na noite da terça-feira 23. Segundo o filiado do Partido da Social Democracia Brasileira, as frases proferidas pelo capitão são uma afronta às pessoas que morreram vítimas da Covid-19.

“Bolsonaro esqueceu de se desculpar pelo negacionismo, que deixou desprotegidos os 300 mil brasileiros que perderam a vida. Esqueceu que parte dessas lamentáveis vítimas tomaram remédios sem eficácia, promovidos pelo presidente negacionista”, relatou Doria em seu perfil do Twitter.

Em sua fala, o Presidente não se mostrou mais como um sujeito antivacina, e fez questão de afirmar que 2021 será o ano da imunização dos brasileiros. Porém, é importante deixar claro que o esposo de Michelle criticou diversas vezes as vacinas, principalmente a Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan.

A verdade

Por fim, o Governador de São Paulo relatou que o Presidente fala bastante dos imunizantes já aplicados, mas não cita que quase todas são do Instituto Butantan.

“O pronunciamento de Bolsonaro é uma afronta às vítimas da Covid-19 e à inteligência dos brasileiros. Enaltece as doses de vacinas já aplicadas, mas esquece de dizer que 80% são do Butantan. As mesmas vacinas que ele recusou e desqualificou em 2020”, frisou João Doria.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Kelves Araújo

Kelves Araújo, cearense, é redator do TV Foco desde 2019, responsável por cobrir o mundo das celebridades internacionais no site.