Celebridades

Celebridades

Durante cobertura de tragédia, Carol Barcellos é criticada

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O forte terremoto que atingiu o Nepal neste sábado (25) deixou a população muito assustada e diversas regiões do país destruídas, segundo relato da repórter da TV Globo Carol Barcellos, que está na região junto a equipe do “Planeta Extremo”. Junto com ela, o repórter Clayton Conservani registrou imagens das pessoas correndo assustadas na hora do tremor.

Durante a cobertura da tragédia na embaixada, Carol interrompeu uma entrevista com um casal de brasileiros ao perceber um novo tremor, de 6,7 na escala Richter. “Está tremendo… Olha a porta ali. Voltou… É um tremor bem forte”, disse ela em pânico, gritando em seguida.  “A situação aqui é precária. Já há racionamento de água, é muito difícil comprar comida, e a comunicação também é muito complicada”, informou Carol.

A postura da repórter foi criticada por muitos em rede social. Uns destacaram que jornalista deve passar a informação com segurança. Mas convenhamos que jornalista também é ser humano e sustos podem acontecer.

VÍDEO YOUTUBE: Show de ESTRELISMO de famosos antipáticos EXPLODEM: "Maltratam os fãs e a imprensa"

Quem escreve

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários