Celebridades Eduardo Costa Jair Bolsonaro

Eduardo Costa apoia Bolsonaro, leva prejuízo de R$ 5 milhões, fala sobre arrependimento e desabafa 

Eduardo Costa ao lado do presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)
Eduardo Costa ao lado do presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)

Eduardo Costa revelou em entrevista que seu apoio a Jair Bolsonaro lhe rendeu um prejuízo de R$ 5 mi, mas ele garante que não tem arrependimento

A corrida presidencial de 2018, que culminou na vitória de Jair Bolsonaro, foi bastante polarizada e movimentou o mundo dos famosos entre apoiadores e críticos do ex-deputado federal. Ainda, o pleito pelo Planalto acabou gerando um prejuízo milionário para Eduardo Costa.

Desde que anunciou sua candidatura à presidência, Jair Bolsonaro passou a sofrer enorme rejeição de setores mais progressistas da sociedade, que buscam não se associar com a postura de extrema direita do político. Bolsonaro, no entanto, acabou ganhando apoio em uma ala mais conservadora desse segmento: o sertanejo. Eduardo Costa, por exemplo, foi um dos principais entusiastas e apoiou enfaticamente o ex-militar.

Jornalista da Record e famosos são pegos em surubão no exterior e vídeo do local vaza

Após se assumir gay, ator da Globo se casa com noivo no Rio de Janeiro; veja fotos

Globo demite dois apresentadores e três grandes atores e causa clima de pânico nos corredores

No entanto, em recente entrevista ao jornalista do UOL e do Fofocalizando do SBT, Leo Dias, Eduardo Costa acabou revelando que todo o apoio dado por ele a Jair Bolsonaro acabou se revelando um enorme prejuízo financeiro, na casa dos cinco milhões de reais. Engana-se, porém, quem pensa que ele se arrepende de ter feito campanha para o hoje presidente.

“Perdi muito show. Tomei um prejuízo com Bolsonaro de quase R$ 5 milhões só pelas coisas que eu falei na época [das eleições 2018]. Eu fazia cerca de 145 a 150 shows por mês. No ano passado, fiz só 90”, afirmou Eduardo Costa a Leo Dias.

https://www.instagram.com/p/B1uIfSeBeRY/

Segundo Eduardo Costa após a repercussão nacional de seu apoio ao ex-deputado, parte de seus fãs não ficaram satisfeitos com o fato dele apoiar um candidato da extrema direita, o que acabou resultando em menos contratação de shows, pelo menos nos meses em que aconteceram as eleições.

Ao refletir sobre o prejuízo financeiro, Eduardo Costa garante que não se arrepende de ter declarado apoio a Jair Bolsonaro. Ainda segundo o sertanejo, que se aproximou da influenciadora digital nos últimos meses, hoje sua agenda de shows voltou ao normal, e ele afirma que a quantidade de eventos aos quais ele comparece teve uma diminuída por opção própria, não sendo, pois, um reflexo da polarização política.

Silvio Santos é entregue à polícia por corrupção, lavagem de dinheiro e caixa dois: “R$ 10 milhões”

Eduardo Costa não foi o único sertanejo que apoiou e/ou apoia publicamente Jair Bolsonaro. Nomes como Bruno e Marrone e Amado Batista, por exemplo, também declararam apoio ao ex-militar. Fora desse segmento, personalidades como Antonia Fontenelle e Regina Duarte também o apoiaram. Outros que mostraram-se simpáticos à candidatura do ex-deputado, mas hoje se mostram arrependidos são o cantor Lobão e Danilo Gentili, por exemplo.

https://www.instagram.com/p/B0zXM1OBnW6/

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco