Celebridades

Eduardo Costa declara apoio a Bolsonaro e é escrachado nas redes sociais

Eduardo Costa (Foto: Reprodução)

O cantor Eduardo Costa acaba de se envolver em mais uma polêmica. Desta vez, ela envolve o candidato Jair Bolsonaro, que disputa as eleições para Presidente do Brasil, quando o músico posou para uma foto usando uma camiseta com a palavra “Bolsonaros”.

Klebber Toledo e Camila Queiroz homenageiam a Globo no casamento

Na legenda, ele escreveu “Tarde meu povo… e aí, bão? #17”. Isso foi o suficiente para que a publicação fosse tomada pelas críticas e para que ele fosse escrachado em todas as redes sociais. “Decepcionada! Um artista como você apoiar uma pessoa que prega ódio e violência…”, lamentou uma fã.

Klebber Toledo vai aos prantos ao dizer sim para Camila Queiroz; assista

“Ridículo, votar em um cara que nunca fez nada, parasita corrupto”, disparou outro nos comentários da foto. “Justo você??? Apoiar um lixo daquele que trata mulher como nada?????!! #nojo”, disse mais uma. Apesar disso, ele também teve o apoio de muitos artistas.

Casamento de Camila Queiroz reúne famosos em hotel de luxo; confira as fotos

Geraldo Luís, da Record, por exemplo, curtiu a publicação, assim como a atriz Andréa Nóbrega, ex-esposa de Carlos Alberto de Nóbrega. O próprio Bolsonaro também escreveu um comentário de agradecimento.

+ Foto de Lívia Andrade se casando de preto com marido misterioso é divulgada

No stories do seu perfil, Eduardo Costa disse que apoiou Aécio e se decepcionou. Agora, ele declara: “Gosto do Bolsonaro, gosto das propostas, do jeito dele, da garra dele, da força dele. Aconselho meus fãs: procure votar em gente nova”.

Pabllo Vittar revela o que o pai fez com ela infância

“É o que eu penso, é o que eu quero. Quero a melhora do nosso país, segurança, saúde, educação e lazer. Deus abençoe o nosso país e dê força a todos nós. Precisamos de bons políticos. Em nome de Jesus vamos passar por essa fase”, disse ainda.

POLÊMICA NA JUSTIÇA

O cantor Eduardo Costa está sendo processado pelo crime de estelionato por parte de um casal de Minas Gerais, e agora, o advogado de acusação, Arnaldo Soares Alves, quer que o sertanejo Marrone, da dupla com Bruno, seja ouvido na Justiça.

Globo demitiu bailarinas do Faustão que venceram a Dança dos Famosos e verdade vem à tona

Marrone é amigo de Eduardo Costa, que apoia Bolsonaro (Foto:Divulgação)

O inquérito aponta que Eduardo negociou uma casa às margens do Lago de Furnas, em Capitólio, no Sul de Minas, avaliada em cerca de R$ 6 milhões, em troca de uma casa na Região da Pampulha, na capital mineira, dizendo que a diferença (R$ 3 milhões) seria paga com outros bens.

Ele prometeu uma lancha no valor de R$ 250 mil, uma moto aquática no valor de R$ 25 mil e uma Ferrari, avaliada em R$ 1,1 milhão. No entanto, o carro não foi recebido pelo casal e teria sido comprado por Marrone pelo valor de R$ 800 mil, que teria sido entregue para o casal.

Eduardo Costa (Foto: Reprodução/Instagram)
Eduardo Costa apoia Bolsonaro
(Foto: Reprodução/Instagram)

No entanto, o cantor sertanejo teria comprado o veículo por R$ 1,1 milhão e a negociação entre os músicos, por baixo dos panos, teria sido feita para que o casal deixasse de receber pelo menos R$ 300 mil, de acordo com informações do G1. Agora, o processo tramita na Vara Cível de Piumhí, Minas Gerais.

O Tempo Não Para tem erro grave revelado e telespectadores se revoltam

“Nós queremos mostrar que houve má-fé por parte de Eduardo Costa”, alega o advogado, que exige que Marrone seja ouvido pela Justiça para explicar o seu lado da história e confirmar a transação. Sua assessoria, no entanto, alega que ele ainda não foi notificado sobre o caso.

Klebber Toledo e Camila Queiroz homenageiam a Globo no casamento

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Lucas Medeiros

Twitter: @luccasmeddeiros
Contato: lucasmedeirospaiva@gmail.com