Celebridades

Celebridades

Elba Ramalho dá festão para 500 pessoas em meio a pandemia, polícia invade o local e acaba com tudo

Elba Ramalho acabou se envolvendo em grande polêmica (Foto: Reprodução)
Elba Ramalho acabou se envolvendo em grande polêmica (Foto: Reprodução)
Festa: Elba Ramalho acabou se envolvendo em grande polêmica (Foto: Reprodução)
Elba Ramalho acabou se envolvendo em grande polêmica (Foto: Reprodução)

Cantora se mostrou bastante surpresa com o acontecido

Após Carlinhos Maia, que recentemente deu um festão para centenas de pessoas, intitulado de Natal da Vila, agora, quem se envolveu em uma grande polêmica foi a cantora Elba Ramalho. Acontece que uma festa realizada em uma casa alugada por ela em Trancoso, acabou sendo invadida pela polícia nesta última terça (29), a mesma acabou com a festa, proibida pela prefeitura de Porto Seguro, onde fica Trancoso, devido a pandemia do coronavírus.

+Audiência 29/12: Retrospectiva da Globo lidera com folga no Ibope enquanto SBT e Record lutam por migalhas

O fato acabou virando um dos assuntos mais comentados do Twitter. Acontece que o local supostamente estava sendo alugado para turistas de outro estado, ao que tudo indica, São Paulo. Os ingressos para a festança, vale dizer, foram comercializados.

Veja também

CANTORA NÃO ESTAVA NO FESTÃO

Elba Ramalho, por sua vez, não estava na festança, e sim hospedada no ClubMed, que fica a 10 km da casa alugada. Em entrevista para à Revista Quem, a cantora falou que só ficou sabendo da aglomeração enquanto estava participando de uma missa, e na oportunidade, ficou bastante assustada.

+Lívia Andrade vem à público e quebra o silêncio sobre polêmica com namorado: “Agora eu vou falar”

“A casa foi alugada do dia 25 de dezembro ao dia 4 de janeiro, como todos os anos eu faço. Esse é um período em que eu alugo outra casa ou fico numa pousada porque eu venho mesmo para descansar. A casa está nas mãos de outras pessoas, que vão responder. A responsabilidade é delas, não é minha”, contou ela.

+Retrospectiva da Globo monta “dossiê” contra Bolsonaro, expõe podres do presidente e envolve William Bonner

A cantora ainda falou sobre a regra existente em Porto Seguro: “Estava na missa. Estava na igreja às 19h, fazendo a leitura de Salmos quando comecei a receber mensagem sem entender o que estava acontecendo. Fui incisiva com eles, dizendo que não poderiam infringir a regra determinada pelo juiz de Porto Seguro, que seria festa somente para 200 pessoas. Eles sabiam disso”, finalizou.

Assista ao vídeo abaixo!

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários