Globo

Em crise profunda, Globo sofre duro golpe sem Copa do Mundo, Libertadores e Fórmula 1 após décadas

Galvão Bueno em transmissão da Fórmula 1 na Globo. (Foto: Reprodução)
Galvão Bueno em transmissão da Fórmula 1 na Globo. (Foto: Reprodução)

Após Copa do Mundo e Libertadores, Globo não irá renovar os direitos de transmissão da Fórmula 1

Em meio à pandemia de coronavírus, a Globo enfrenta uma das piores crises de sua história, e prova disso é a perda de grandes atrações esportivas que a emissora vem tendo.

Recentemente, o canal carioca já havia pedido a rescisão de contratos para os dois principais campeonatos de futebol que tinha em sua programação: a Libertadores e até a Copa do Mundo.

+ Silvio Santos, após filha vir a público implorar ajuda, desaparece do SBT e tem crise devastadora: “Está cansado”

+ Renata Vasconcellos tem foto vestindo peça íntima amassada divulgada e âncora decide assumir identidade: “sem tempo”

+ Confusão no Casos: Christina Rocha se ajoelha, produtor é chamado às pressas e até os seguranças invadem: “Chega”

Além da crise gerada pela pandemia, o aumento considerável do dólar, que é a moeda envolvida nessas negociações, tornou praticamente inviável para a Globo a manutenção dessas competições. A emissora até tentou uma renegociação, com valores mais acessíveis, mas sem acordo, decidiu que não irá permanecer com esses torneios.

No caso da Copa do Mundo, com a próxima edição ocorrendo em 2022, ainda há a possibilidade de uma nova negociação da FIFA com a Globo, uma vez que o rompimento dessa parceria não seria vantajoso nem para a emissora e nem para a entidade máxima do futebol.

Acontece que os jogos da Copa do Mundo estão entre as maiores audiências e faturamentos da Globo, enquanto que a FIFA enxerga que o Brasil também está entre as maiores audiências da Copa em todo o mundo, com esse grande alcance proporcionado através da própria Globo.

SEM FÓRMULA 1

E como se não bastasse perder os dois principais campeonatos de futebol, a Globo sofreu um novo baque recentemente com a perda da Fórmula 1.

Mesmo faturando mais de R$ 494 milhões com as transmissões das corridas apenas este ano, a emissora não achou viável renovar o contrato para manter a Fórmula 1 em sua programação, e sem acordo para uma renovação com valores reduzidos, já avisou aos seus patrocinadores que não haverá transmissão da próxima temporada da categoria. A informação é da revista Meio & Mensagem.

Vale lembra que a Globo detinha os direitos de transmissão da Fórmula 1 desde 1981, ou seja, há quase 40 anos. A não renovação também irá afetar a exibição dos treinos livres e reprises da categoria no SporTV.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Renan Santos

Atuando também como roteirista de TV e cinema, Renan é redator e colunista do TV FOCO desde 2014, noticiando e criticando o mirabolante e imprevisível universo televisivo e dos famosos.