Globo

Globo

Em novo horário, Sessão da Tarde mantém liderança e alcança ótima audiência

A Culpa é das Estrelas (Foto: Reprodução)
A Culpa é das Estrelas (Foto: Reprodução)
A Culpa é das Estrelas (Foto: Reprodução)
A Culpa é das Estrelas (Foto: Reprodução)

Com o fim do Vídeo Show, a Globo vai apostar na Sessão da Tarde e no Vale a Pena Ver de Novo. Com A Culpa é das Estrelas e a estreia de Cordel Encantado, a emissora pretende alavancar a audiência da faixa vespertina, aproveitando a reta final da reprise de Belíssima, como já informado.

+Cordel Encantado bomba na web, mas público lamenta morte de Domingos Montagner e famosos comentam

No entanto, no primeiro dia da novidade, 14 de janeiro, o resultado tão foi tão bom assim. O drama que conta a história de Hazel Grace Lancaster e Augustus Waters não conseguiu vencer o quadro A Hora da Venenosa. No período em que entraram em confronto, ambas as atrações empataram com 10 pontos.

+Participante do The Voice Kids “esnoba” Claudia Leitte na Globo, pede por Ivete e cantora não fica calada

Já na exibição completa, a Sessão da Tarde conseguiu a liderança isolada. Ao todo, foram 12.2 pontos de média com 14.6 pontos. Já a Record TV ficou na vice-liderança, exibindo novelas no horário, além da parte final do Balanço Geral. A emissora de Edir Macedo ficou com 7.4 pontos. Já o SBT, com o Fofocalizando e o Casos de Família, ficou em terceiro, com 6.2 pontos.

Veja também

+Na última semana, Globo intervém em Belíssima, cena importante é cortada e internet xinga a emissora

Quando estreou na Globo, a atração bateu recorde de audiência, alcançando 26 pontos no dia 3 de outubro de 2016, gerando grande repercussão na internet. Na tarde desta segunda-feira, 14 de janeiro, o pico do filme, ou seja, a maior pontuação no Ibope registrada durante a exibição, foi de 14.6.

A Culpa é das Estrelas foi exibido na Sessão da Tarde no dia 14 de janeiro (Foto: Reprodução)
A Culpa é das Estrelas foi exibido na Sessão da Tarde no dia 14 de janeiro (Foto: Reprodução)

SOBRE O FILME ESCOLHIDO

De acordo a sinopse da Globo, A Culpa é das Estrelas conta que: Diagnosticada com câncer, a adolescente Hazel Grace Lancaster se mantém viva graças a uma droga experimental. Após passar anos lutando contra a doença, ela é forçada pelos pais a participar de um grupo de apoio cristão. Lá, conhece Augustus Waters, um rapaz que também sofre com câncer. Os dois possuem visões muito diferentes de suas doenças: Hazel preocupa-se apenas com a dor que poderá causar aos outros, já Augustus sonha em deixar a sua própria marca no mundo. Apesar das diferenças, eles se apaixonam. Juntos, atravessam os principais conflitos da adolescência e do primeiro amor, enquanto lutam para se manter otimistas e fortes um para o outro.

+ Na Globo, Ricardo Pereira chora ao relembrar talento de Domingos Montagner

Houve um tempo que você via nas ruas pelo menos uma pessoa com o livro de A Culpa é das Estrelas embaixo do braço. Vai mentir que não viu? kkk Pois é, antes de se tornar um fenômeno dos cinemas, John Green, autor do livro, viralizou nas livrarias, ruas e metrôs de todo mundo. Segundo o Beco Literário, Shailene Woodley, protagonista do longa, estava tão envolvida com sua personagem que cortou o seu cabelo antes das filmagens e doou para uma instituição que faz perucas para pessoas com câncer.

+ Famosos da Record e da mídia que pisam na bola, chocam e machucam o público

 Globo escala filho de Letícia Spiller e Marcello Novaes para protagonizar próxima temporada de Malhação

John Green fez questão de acompanhar os bastidores de A Culpa é das Estrelas, ele dava instruções para os protagonistas de como captarem melhor a alma de seus personagens, assim como a gente, diversas vezes ele chorou ao ver uma cena. O autor consagrado, William Shakespeare, inspirou Green a dar o título do livro, graças a frase: “A Culpa, meu caro Brutus, não está nas estrelas, mas em nós mesmos”.

 

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários