NOSSA!

Fim de uma era: Empresa gigante, conhecida e que já foi muito valiosa, prepara pedido de falência em sigilo

02/05/2023 às 17h42

Por: Lennita Lee
Imagem PreCarregada
Empresa pode falir a qualquer momento e situação preocupa (Foto Reprodução/Montagem-TV Foco)

Mais uma empresa renomada e gigante não suporta enfrentar o cenário atual e se prepara para o pior desfecho …

Como mencionamos em matérias anteriores muitas empresas estão entrando em falência e a cada dia que passa mais portas estão se fechando pelas ruas comerciais*SAIBAMAIS*.

Infelizmente, dentre tantas que estão na corda bamba temos a revista digital Vice, que  está se preparando para entrar com pedido de falência praticamente por baixo dos panos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A informação foi publicada nesta segunda feira (1) pelo jornal norte-americano The New York Times, que conversou com pessoas ligadas a empresa.

Segundo o jornal, o pedido deve se consolidar nas próximas semanas. A Vice ainda está procurando um comprador para evitar a falência.

Continua após o Veja Também

Veja também

Mais de 5 empresas manifestaram interesse, mas as chances de uma compra ser realizada estão cada vez menores, segundo as fontes ouvidas pelo jornal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Era de ouro …

A Vice foi criada em Montreal, no Canadá e se tornou um fenômeno quando falamos em mídia global  a criação do Vice Media Group.

A companhia conta com divisões que incluem, além da revista, produtora de cinema, gravadora e selo editorial, o que faz dela uma das mais valiosas do ramo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Revista digital Vice pode estar com os dias contados (Foto Reprodução/Internet)
Revista digital Vice pode estar com os dias contados (Foto Reprodução/Internet)

Entre os investidores estão nada mais nada menos que as gigantes: Disney e a Fox. Com centros de produção em todo o mundo, o grupo cria, conforme seu site, mais de 2.400 conteúdos por semana em 25 idiomas.

Conforme o The New York Times, em 2017, depois de uma rodada de financiamento da empresa de Private Equity TPG, a Vice era avaliada em US$ 5,7 bilhões. Hoje, vale apenas uma pequena fração desse montante.

Até a própria Disney explorou a ideia de comprar a empresa no ano de 2015, por mais de 3 bilhões de dólares, mas o negócio nunca saiu do papel.

A própria Disney pensou em comprar a revista no ano de 2015 mas nunca saiu do papel (Foto Reprodução/Internet)
A própria Disney pensou em comprar a revista no ano de 2015 mas nunca saiu do papel (Foto Reprodução/Internet)

O que poucos sabem, é que a  companhia tenta há anos obter lucro, sem sucesso. Na semana passada, a Vice disse aos funcionários que iria fechar a Vice World News, iniciativa global de reportagem que cobre conflitos mundiais e abusos dos direitos humanos.

O que vai acontecer se a empresa falir enfim?

Em caso de falência, a revista digital continuaria operando normalmente e realizaria um leilão para vender a empresa dentro de 45 dias. Com isso, o maior detentor de dívidas da Vice, o Fortress Investment Group, poderia obter o controle da companhia:

Em um comunicado emitido pela Vice, a empresa e a diretoria continuam pensando no melhor caminho para a corporação e estão estudando de maneira incisiva em uma maneira de salvar a revista com alternativas estratégicas e planejamento

 

 

🚨 Carlos Alberto expõe afastamento de Silvio Santos + Davi vive novo inferno + Desfecho de Tralli na Globo    

Disney
falência
Fox
Notas curiosas
revista
vice
Lennita Lee

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida.Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever.Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras.Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ...Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.