Agora

Agora

Encerramento: O fim definitivo de supermercado, rival do Carrefour, e comunicado oficial da varejista

Carrefour
Carrefour (Foto: Divulgação)

Supermercado rival do Carrefour fechou as portas

Abrir um negócio não é uma das tarefas mais fáceis do mundo. Isso porque uma série de situações podem levar ao fim de um grande empreendimento. Dessa vez, por exemplo, falaremos sobre o fim definitivo de um supermercado, grande rival do Carrefour, e um comunicado oficial.

Para quem não sabe, estamos falando sobre o Supermercado Dia. Em fevereiro deste ano, a rede surpreendeu ao confirmar o encerramento das atividades em uma de suas unidades. Na ocasião, a empresa encerrou as atividades da loja localizada na Rua Carlos Gomes, nas proximidades da Avenida Campo Salles, em Americana.

A informação é do Portal de Americana. Na ocasião da matéria, a empresa confirmou o fechamento, mas disse que há uma possibilidade de reabertura caso a loja, que hoje é operada por um franqueado, seja adquirida pela rede. Aliás, a rede chegou a emitir uma nota dando mais detalhes a respeito da situação.

“A unidade do centro de Americana, interior de São Paulo, era parte da rede franqueada. Agora passará por um processo de avaliação, ainda sem data estabelecida para conclusão, para definir sua integração à rede gerida pela franqueadora”, informou o supermercado rival do Carrefour.

Supermercado Dia, rival do Carrefour (Foto: Reprodução/ Internet)
Supermercado Dia, rival do Carrefour (Foto: Reprodução/ Internet)

Qual rede teve a falência decretada?

Estamos falando do Mais Comércio de Produtos Alimentícios Ltda, grande rival do Carrefour. Acontece que o magistrado substituto da Vara de Falências, Recuperações Judiciais, Insolvência Civil e Litígios Empresariais do Distrito Federal, emitiu um veredito final onde decretou a falência do empreendimento.

Veja também

Paralelamente, o magistrado também bateu o martelo e pediu o congelamento das ações ou execuções contra a empresa, previstas na Lei 11.101/2005, até a finalização completa do processo de falência. É importante levar em consideração que a rede estava em processo de recuperação judicial.

O devastador fim de rede de supermercado - Foto: Reprodução/Internet
O devastador fim de rede de supermercado – Foto: Reprodução/Internet – Foto: Reprodução

O supermercado tinha um plano de recuperação aprovado e negociado com os credores, onde mesmo com os esforços empreendidos, não obteve um resultado econômico favorável. Inclusive, a sentença final do juiz deixou essa parte evidente.

“Assim, diante da impossibilidade material de superação da crise econômico-financeira em que se insere, a convolação da recuperação judicial em falência é medida que se impõe”, decretou o juiz sobre a empresa que também atua como um supermercado e, por isso, é rival do Carrefour.

O juiz determinou diversas providências, e dentre elas o fechamento do local da massa falida, visando proteger o processo de recuperação de ativos e preservar os interesses dos credores. As informações são do portal TJDFT – Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios.

Quem escreve

Kelly Araújo

Eu sou Kelly Araújo, formada em Biologia pelo IFCE e atualmente estudo Engenharia de Produção Civil na mesma instituição. Escrevo sobre televisão e o universo dos famosos desde o ano de 2014. Sou apaixonada por falar sobre os bastidores da TV, gosto de acompanhar a vida dos famosos nas redes sociais e amo assistir um reality show de confinamento. Minhas redes são: Email: kelly.araujo@otvfoco.com.br