Audiência

Audiência

“Encrenca” e “João Kléber Show” batem recorde em 2017 e complicam a vida do “Pânico”

Emílio Surita comanda o “Pânico”. (Foto: Divulgação)
Tatola Godas e Dennys Mota no comando do "Encrenca" (Foto: Divulgação/RedeTV!)
(Foto: Divulgação)

Quem olha para a trajetória do “Pânico” pode constatar a decadência em audiência que o programa teve desde o fim da década passada, quando fazia muito sucesso na RedeTV!.

Na Band desde 2012, a atração vem se mantendo em baixa desde então. E, para piorar, desde 2015, quando o “Encrenca”, da RedeTV!, passou a atingir altos índices de audiência, o “Pânico” deixou de ser a única referência de programa jovem de humor aos domingos.

Na última edição de ambos os programas, no último dia 12, o programa da Band se deu mal e perdeu para o Encrenca e também para a atração de João Kléber, que bateram recorde de audiência no ano.

Exibido das 19h56 às 22h45, o “Encrenca” consolidou 5,6 pontos de média, com picos de 7 pontos e share de 8,9%, garantindo o quarto lugar para a emissora de Amílcare Dallevo Jr. e Marcelo de Carvalho. O “JK Show” também foi bem e rendeu 3,1 de média, vencendo o humorístico da Band por 46 minutos não consecutivos.

Já o programa de Emílio Surita, Vesgo, Carioca, Bola e companhia registrou apenas 3,8 pontos de média, um dos piores índices do ano. Vale dizer que Carioca ainda promete estrear algumas imitações em breve no “Pânico”.

Veja também

Dados do Kantar Ibope.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

VÍDEO YOUTUBE: Datena deixa a Band e causa desespero nos bastidores da emissora

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários