Notícias da Televisão

Entrevista de Danilo Gentili no “Programa do Porchat” será exibida nesta terça, 10

Danilo Gentili estará no “Programa do Porchat”.(Foto: Reprodução)

Entrevista realizada já há alguns dias, será exibida hoje, terça-feira, (10), o encontro de Fábio Porchat com o apresentador Danilo Gentili. Em uma troca, o contratado do SBT compareceu ao “Programa do Porchat”, talk show concorrente exibido pela Rede Record.

Autor da Globo divulga o que ninguém percebeu em casamento de Marina Ruy Barbosa

De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, os dois fizeram muitas piadas sobre a tal rivalidade criada pela imprensa e telespectadores, fizeram uma esquete onde as equipes aparecem brigando e no final fazem uma caçada para pegar o apresentador Pedro Bial.

Apesar de toda essa brincadeira, o “The Noite” é quem sai vitorioso todo fim de noite. O talk show de Danilo Gentilli tem atingido a liderança constantemente na Grande São Paulo e raramente fica abaixo de Fábio Porchat no Ibope.

DANILO GENTILI REVELA APELIDO MALDOSO

Danilo Gentili, apresentador do SBT desde 2014, quando veio da Band, concedeu entrevista à Leda Nagle, demitida no ano passado da TV Brasil. À sogra de Sabrina Sato, o humorista revelou um apelido maldoso que tinha na escola: “rola”. Ele também revelou o motivo de tal apelido.

“Meu apelido no colégio era ‘rola’. Porque quando passei no 2º grau técnico, rasparam meu cabelo, e era verão. Eu era magrelão e eu estava vermelho, passava no corredor e os veteranos gritavam ‘rola, rola’”, disse ele.

Ele ainda comentou os perrengues de sua vida, principalmente quando ele era pobre: “Eu tinha 18 anos, faz 20 anos,quando meu pai morreu e, seis meses depois, minha irmã.  E uma semana depois que minha irmã morreu, fui levar um amigo em um posto de saúde. No meio do caminho deu aquele blecaute nacional, foi naquela noite”.

E acrescentou: “Um cara de moto para, põe o revólver e leva o carro, que era o único bem que a gente tinha. Quando chego em casa, estava tudo queimado e a gente sem dinheiro”.

Ele ainda comentou odiar ser branco demais: “Eu tive muito complexo por ser magrelo e desengonçado. Todo mundo falava que eu parecia um retardado correndo. E eu sou mesmo, se você reparar. E eu tinha muita vergonha da minha cor, eu era muito branco. Eu jamais ficava sem camisa na rua. Até hoje eu tenho, se você me ver na praia, não vai me ver sem camisa”.

E comentou sua crença em Deus: “As coisas acabaram dando certo, graças a Deus, eu trabalho como se Deus não existisse, como se só dependesse de mim. Mas ao mesmo tempo eu tenho a  fé que se  eu fizer tudo isso e Deus não abençoar, não vale de nada. Acredito muito em Deus”.

E revelou a única coisa que ele já teria fumado até hoje, negando que já tenha usado drogas ilegais: “A única coisa que fumei até hoje foi charuto”.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Rogério Frandoloso