Celebridades

Celebridades

“Era muito cruel”, diz Marília Gabriela sobre Clodovil

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Marília Gabriela resolveu abrir o jogo em relação ao falecido Clodovil Hernandes. Ambos trabalharam juntos durante o período em que apresentaram o “TV Mulher” na Globo na década de 1980.

Marília Gabriela no "TV Mulher (Foto: Divulgação / TV Globo)
Marília Gabriela no “TV Mulher” (Foto: Divulgação / TV Globo)

“Tive problemas na época com o Clodovil. Foi terrível, uma inimizade terrível. Ele era despudorado, tentava derrubar o âncora no ar mesmo. Eu saía, dizia que não ia mais fazer o programa. Não havia esse tipo de necessidade. Eram vários egos ali”, afirmou a artista em entrevista ao site do autor Aguinaldo Silva.

Clodovil Hernandes no programa "TV Mulher", da Rede Globo em 1981 (Foto: Divulgação)
Clodovil Hernandes no programa “TV Mulher”, da Rede Globo em 1981 (Foto: Divulgação)

“O Clodovil era muito cruel. Não quero incomodar os fãs do Clodovil. Ele era um cara divertido, tinha talento. Ele era um estilista sensacional, tinha o dom da palavra. Mas teria sido melhor se não fosse tão cruel. Ele era capaz de fazer crueldades imensas. Ele tinha aquela necessidade do protagonismo. Ele fazia a TV Mulher, era um dos participantes. Ele tinha 5, 10, 15 minutos e se sentia o dono do programa. E agia como tal”, explicou a jornalista.

VÍDEO YOUTUBE: Notícia URGENTE na RedeTV + Fátima Bernardes bate-boca com a Globo

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários