Éramos Seis Novelas

Éramos Seis: Globo bate o martelo e decide mudar final da trama que termina essa semana

Globo decide dar um final mais esperançoso para Lola no último capítulo de Éramos Seis (Montagem: TV Foco)
Globo decide dar um final mais esperançoso para Lola no último capítulo de Éramos Seis (Montagem: TV Foco)

A Globo decidiu dar um sopro de esperança para o desfecho da protagonista de Éramos Seis, Lola, interpretada por Gloria Pires e vai levar na sexta-feira um final diferente de todas as outras versões

Éramos Seis vai terminar na sexta-feira, 27, e a autora Ângela Chaves junto com o diretor artístico Carlos Araújo resolveram dar um destino diferente das outras versões apresentada da novela.

Essa é a quinta versão de Éramos Seis levada para a TV, a obra escrita por  Maria José Dupré, também ganhou uma adaptação para o rádio em 1945 e um filme na Argentina. Nas versões produzidas pelas Record (1958), Tupi (1967) outra versão da Tupi em 1977 e no SBT em 1994, Lola termina no asilo, sozinha fazendo jus ao título da família que começa unida com seis integrantes e termina com a matriarca sozinha.

Na versão levada ao ar em 1994, Lola, interpretada por Irene Ravache, no final da trama chega a morar com Julinho, mas não dá certo e ao tentar viver com a filha acaba entrando em discussão com o genro Felício, interpretado por Marco Ricca, por não concordar com a criação rígida de seus netos.

A trama escrita por Sílvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, chegou a suavizar o final de Lola, e no final Afonso vai parar no mesmo asilo que Lola, levando o público a entender que os dois tiveram um final juntos.

Globo escancara a felicidade de Lola

Angela Chaves optou por um pedido de casamento mais claro feito por Afonso, personagem de Cássio Gabus Mendes à Lola. A cena inclusive começou ir ao ar nessa quarta-feira e irá terminar na quinta-feira, penúltimo capítulo de Éramos Seis na Globo.

Está previsto também no penúltimo capítulo da novela da Globo, a sequência de casamento de Afonso e Lola. A cena contará com um número mais enxuto do elenco, já que foi gravada no início da pandemia de coronavírus e a emissora optou por uma gravação mais rápida.

“Agora que estamos chegando ao fim, vejo que conseguimos manter a essência da Lola e, ao mesmo tempo, transformá-la, dando-lhe mais força e um sopro de esperança, com um final mais feliz para essa personagem tão querida por todos” revelou a autora de Éramos Seis, Angela Chaves ao site GShow.

Lola (Gloria Pires) e Afonso (Cássio Gabus Mendes) no casamento em Éramos Seis; cerimônia não terá presença de filhos (Foto: Globo/Paulo Belote)
Lola (Gloria Pires) e Afonso (Cássio Gabus Mendes) no casamento em Éramos Seis; cerimônia não terá presença de filhos (Foto: Globo/Paulo Belote)

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Mozuka Braga

Formado em Publicidade, Rádio e TV e Teatro é um apaixonado pelo mundo do entretenimento, principalmente séries e novelas. Em 2016 também concluiu sua pós em Produção Executiva e Gestão de TV pela FMU.