Celebridades

Celebridades

Escândalo! Casal famoso e milionário se separa após traições, ela vai à falência e desfecho é assustador: ‘Amor virou ódio’

traições Valéria Srur e o ex, Luiz Alberto Srur (Arquivo Pessoal/Veja)
Valéria Srur e o ex, Luiz Alberto Srur (Arquivo Pessoal/Veja)

Outrora um casal amoroso, o matrimônio entre Valéria Srur e Luiz Alberto Srur, chegou ao fim em 2017, após ela descobrir traições do marido

Se até pouco tempo atrás a dona de casa Valéria Srur, de 54 anos, e o empresário Luiz Alberto Srur, de 66 anos, costumavam ostentar uma relação amorosa, regrada ao luxo, amor e tudo de melhor que o dinheiro tem a oferecer, isso chegou ao fim após a relação entre os dois expoentes da alta sociedade paulistana se desgastar por uma série de traições. Agora, Valéria, outrora milionária, está na falência e com uma dívida milionária para pagar.

De acordo com informações do site da revista Veja São Paulo, Valéria Srur e Luiz Alberto Srur ficaram juntos, casados, por cerca de quinze anos, tempo repleto de viagens ao redor do mundo e muito luxo. Empresário, Luiz Alberto é dono de 27 empresas, entre as quais o shopping SP Market, que fica localizado na zona sul de São Paulo. O matrimônio chegou ao fim por causa de traições.

+Gianecchini rasga o verbo sobre namoro com filho de Marília Gabriela, enquanto era casado com ela: “Encarava”

O amor virou ódio, diz repórter de Veja

Segundo o relato da repórter da revista Veja São Paulo, Ana Carolina Soares, o amor que até então havia entre Valéria Srur e Luiz Alberto Srur chegou ao fim no final de 2017, quando, após descobrir as traições do marido e empresário, o sentimento bonito se transformou em ódio, e a dona de casa decidiu colocar um ponto final definitivo na união. Desde então, os dois travam um divórcio litigioso.

“Primeiro, na festa de aniversário da minha filha, meu ex (Luiz Alberto Srur) paquerou as amigas dela. Depois, descobri que tinha amantes”, disse Valéria Srur. Ainda na entrevista à Veja São Paulo, a ex do dono do SP Market relatou que, após pedir o divórcio por causa das traições recém descobertas, o empresário começou a ameaçá-la, e afirmou que ela era a mulher de sua vida. “Disse que eu era a mulher de sua vida e que, se não ficássemos juntos, iria me deixar sem nenhum centavo e acabar comigo”.

Veja também

“Ele nunca me deixou trabalhar”, diz Valéria, que descobriu as traições em 2017

Valéria Srur conta que seu último emprego foi quando tinha 20 anos, logo após seu primeiro casamento, com um advogado, e com quem ela teve duas filhas. Já em 2003, um ano após o fim de seu matrimônio, ela conheceu o empresário dono do SP Market. Assim como no primeiro casamento, seu novo marido também não permitiu que ela encontrasse um emprego, mesmo tendo cursado a faculdade de direito.

“Ela [Luiz Alberto Srur] nunca me deixou ter um emprego porque queria que eu o acompanhasse nas viagens”. Atualmente, após o término motivado pelas traições, os dois travam um divórcio litigioso. Porém, a dona de casa diz ter perdido a pensão de R$ 50 mil mensais, que seus custos, por mês, é na casa dos R$ 100 mil e, ainda, acumula uma dívida de R$ 1,8 milhão.

O empresário e dono do SP Market disse, por meio de nota divulgada por seu advogado, Dilermando Cigagna Jr, que não vai se pronunciar. O advogado, por sua vez, alegou não ter autoridade para comentar

VÍDEO YOUTUBE: Bomba! Angélica volta pro domingo da Globo + Claudia Rodrigues diz que não é lésbica

Quem escreve

Redação TV Foco

Redação TV FOCO publica notícias diariamente sobre o mundo do famosos e também da televisão. Especializado em números sobre a audiência da TV.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários